A prefeita Iracy fez de conta que era a prefeita. Os outros, com raras exceções, deitaram e rolaram com a prefeitura”

Eudes Benício e Victor Vinícius

.
33ddO deputado estadual Adolfo Menezes, prefeito eleito, mas que não chegou a assumir o poder municipal, voltou a dar entrevista na rádio 98fm, na tarde desta sexta-feira (15). Adolfo falou sobre a espera pela definição do processo que o fez renunciar ao cargo de prefeito e teceu duras críticas à última gestão, da ex-prefeita Iracy Araújo, e a gestões anteriores, dos ex-prefeitos Dr. Chiquinho e José Santana, que também teriam deixado a prefeitura endividada.

“Por questões internas, de briga, nós estamos sem votar esse processo até hoje, mas acredito que não passa do mês de abril. Ninguém pode dizer a data certa porque só quem sabe é o juiz, que esta com o processo não mão”, disse Adolfo, que ainda afirmou que acredita ter votos suficientes para ser absolvido no TRE-BA, mas a oposição ainda poderá recorrer ao TSE, em Brasília.

Comentando os problemas enfrentados pelo atual prefeito, Eurico Soares, que era vice-prefeito na sua chapa, o deputado foi categórico. “A prefeita Iracy fez de conta que era a prefeita. Ela achava que era prefeita. Os outros, com raras exceções, deitaram e rolaram com a prefeitura, esbagaçaram a prefeitura! Essa é a realidade da prefeitura de Campo Formoso”. Ainda segundo Adolfo a última gestão ainda não entregou parte da documentação que declara qual a patrimônio possuído pela prefeitura.

Os ex-prefeitos Dr. Chiquinho e José Santana também foram citados pelo deputado, que apontou que estes também deixaram dívidas na prefeitura. “Foi criado o Instituto de Previdência dos Servidores Públicos, em 2001, salvo engano na época o prefeito era seu Santana. Ele nunca pagou. Recolhia dos funcionários  e nunca botou na conta do Instituto de Previdência. Chiquinho entrou, e a mesma coisa. A senhora Iracy entrou, recolheu um ano, e ficou três anos sem recolher. A prefeitura de Campo Formoso está inadimplente”, acusou. O deputado encerrou o assunto afirmando que somadas todas as dividas deixadas chega-se ao montante de R$ 22 milhões.

.

Redação do Campo Formoso Noticias