agua audiencia

Câmara Municipal discute com Embasa problema de abastecimento

Na sessão desta quinta-feira, dia 14, a Câmara Municipal esteve reunida com representantes da CERB e da Embasa, para discutir o problema de abastecimento no município de Senhor do Bonfim.

Estiveram presentes:

– Dr. Vinicius Araújo – gerente Regional da Embasa;

-Dr.Gilvan Pereira da CERB

-Dr.Silvio Murta-gerente operacional;

-Dr.Jeferson Ferreira-gerente Comercial;

-Dr.Augusto – Gerente de Divisão de tratamento;

-Sr. Robson-Gerente de escritório  local;

-Professor Antonio Augusto Secretário do meio ambiente;

Dr.Vinicius Araújo – Gerente Regional, foi o primeiro a fazer uso da palavra, quando disse que a subestação atende 48 municípios, a barragem do aipim esta com 12% e a do prata com 6% da capacidade de acumulação de água.

Dr.Augusto Gerente da divisão de tratamento foi convidado para prestar alguns esclarecimentos e disse que estamos vivendo a pior seca nos últimos 80 anos, segundo dados de alguns estudiosos. Falou que neste momento éramos para estarmos vivenciando um momento chuvoso e com trovoadas.

Dr.Vinicius enfatizou sobre a necessidade de abastecimento através de carros Pipas em algumas áreas desfavoráveis em termo de manobras no município de Senhor do Bonfim.

Segundo Vinicius 25% do sistema de abastecimento envolvendo zona rural e sede estão sendo abastecidos por 21 carros pipas. A população atendida por ligações giram entorno de 25 mil domicílios.

 

Dr.Augusto foi chamado mais uma vez para esclarecer sobre a qualidade da água fornecida e disse que a tratamento na saída da barragem e dentro do próprio caminhão dispõe de certa quantidade de cloro para garantir a qualidade da água e quando o caminhão chega ao destino acontece à realização de um novo teste.

Mídias

Aconteceu ação de mobilização nas escolas com a finalidade de transmitir a consciência de economizar a água, a embasa utilizou os seguintes meios  de comunicação:Emissoras de rádios, anúncios em jornais da região,entrevistas nas emissoras de rádios,outdoors,faixas, Blogs,carro de som e cartazes.

A Palavra foi fraqueada aos vereadores:

O vereador Chocolate perguntou quando chegara a água da  barragem de Ponto Novo  e se tem a capacidade de abastecer Senhor do Bonfim e por quanto tempo.

Dr.Cristiano Bresser respondeu dizendo que os testes serão realizados na segunda quinzena de abril e quanto à capacidade o representante da CERB não soube informar, apesar da gerencia da capacidade pertencer ao órgão.

O vereador Adelson Bahia perguntou sobre a realização de uma extensão  de propriedade rural  reivindicada alguns dias, se a mesma seria concluída.

Dr.Vinicius respondeu dizendo que no momento a prioridade seria para o abastecimento e que posteriormente depois de resolvido o problema do abastecimento as extensões serão feitas.

Vereador Biro-Biro perguntou se água de Ponto Novo, tem a capacidade de garantir o São João de Senhor do Bonfim e o grande fluxo de turistas que virão à cidade.

Dr.Vinicius respondeu dizendo que a barragem de Ponto Novo dispõe de  uma capacidade de 11 milhões de metros cúbicos com uma vazão de 120 metros cúbicos de água por segundo,sendo considerada normal em Senhor do Bonfim dentro das condições normais.

Vereador Tavinho,Senhor do Bonfim nos últimos anos recebeu mais de 26 novos bairros, e não conta mais com os mananciais da Suissa no alto da Maravilha,que ajudava muito a embasa no  abastecimento e por que a embasa na diminui um pouco os dias de água em alguns bairros para beneficiar os periféricos como Alto da Maravilha entre outros,Se a barragem de Ponto Novo vai beneficiar outros municípios da região e quando iniciará os estudos da água do São Francisco?

Dr.Vinicius-Disse que tecnicamente é inviável tirar aguar de alguns bairros e abastecer outros bairros, pois as medidas tomadas esta dentro de um cronograma emergencial e que a empresa sabe muito bem que o carro pipa foi uma decisão difícil, mais foi à necessária e que a embasa esta sempre atenta aos reclames do povo através da mídia, ficando assim empenhada para melhorar os serviços junto à população.

Informou ainda que a embasa já contratou uma empresa para a realização dos estudos para implantação do sistema de transposição da água do São Francisco, tendo seu projeto previsto para conclusão  em Setembro deste ano .

Vereador Rê do Sindicato– Questionou o porquê nem a embasa e nem a CERB, dois órgãos ali representados, não sabiam responder o período de abastecimento da água de Ponto Novo em Nosso Município.

Dr.Vinicius- Respondeu que no período de abastecimento através do carro Pipa terão as faturas suspensas.

Dr.Jorginho perguntou se a embasa tinha um plano emergencial caso a barragem de Ponto Novo não fosse suficiente para abastecer nosso município.

Dr.Vinicius-Respondeu dizendo que a embasa não poderia responder sobre a capacidade de captura por uma barragem que não é gerenciada por ela e que a CERB deveria tomar a medidas legais para o bom aproveitamento do manancial.

Vereador Ivan Barbosa – Falou sobre a importância do dialogo com a secretaria de educação sobre o fornecimento nas escolas, falou ainda sobre as denuncias de distribuição de água de má qualidade e se a embasa tinha conhecimento de tais denuncias?

Dr.Vinicius– A embasa esta muito atenta em relação a questão da qualidade e que as denuncias recebidas a embasa tomou  todas as providencias,uma vez que os reclames eram relacionados aos carros pipas e que alguns foram afastados por não oferecem condições apropriadas.

Vereadora Lúcia Cerqueira-Com a vida da água de Ponto Novo os distritos vão continuar sendo abastecidos com carros pipas ou receberão águas nas torneiras?

Dr.Vinicius– Disse que o sistema atenderá a população através do fornecimento via hidráulica.

Vereador Mario Jambeiro-disse que a capacidade de abastecimento da barragem de Ponto Novo é para quatro meses e que a embasa e a CERB sabem disto, o edil perguntou quais os critérios para distribuição dos carros pipas no município? E que a solução seria perfuração de poços artesianos.

Dr.Givan Pereira da CERB- para perfuração de poços tinha que haver demanda e qualquer pessoa do povo ou vereador pode pedir a perfuração desde que aja demanda com números de habitantes e que um projeto deveria ser elaborado.

Dr.Vinicius– Disse que a embasa conhece a demanda do município e distribui os carros pipas de acordo com as necessidades de cada comunidade. Falou ainda que a obra de Ponto Novo tem um investimento de 53 milhões de Reais.

Vereador Helson de Carvalho – Disse que presenciou no distrito de Baraúnas já viu água fornecida com cheiro de óleo e com cheiro ruim, disse ainda que visitou a barragem e Ponto Novo e viu carros pipas sendo abastecidos e sem a colocação de cloro e que descordava da informação da empresa, sobre a fiscalização dos veículos pipa.

Dr.Vinicius-disse que a  empresa nunca se furtou de reconhecer quando a qualidade da água fugiu dos padrões e  todas as vezes que alguém chegou até a embasa com denuncias sobre a qualidade da água as providencias foram tomadas.

A Palavra foi franqueada a platéia de teve questionamentos feitos pelo publico presente e respondida pelos representantes da embasa e da Cerb.

No final o presidente da Câmara Vereador Laércio Muniz declarou na sessão por encerrada.

agua audiencia 1agua audiencia 2agua audiencia 3

 

ASCOM/CÂMARA MUNICIPAL