CTASAE02CTASAE01

 

Na manhã da última quinta feira (24/01), o CTA/SAE esteve reunido com representantes da SEMUS (Secretaria Municipal de Saúde), SEMEC (Secretaria Municipal de Educação), Hospital Regional, CAPS e outros, para o início da elaboração da Programação Anual de Metas, instrumento que dá visibilidade às metas, ações e recursos a serem serão mobilizados e representa a síntese do processo local de discussão e definição das prioridades de cada estado e município.

No PAM são contempladas áreas de atuação como Promoção, Prevenção e Proteção, além de Diagnóstico, Tratamento e Assistência de pessoas com AIDS e outas DST. As orientações para essas categorias priorizam: a melhoria do cuidado e da qualidade de vida das PVHA, com foco no fortalecimento da rede de atenção e linhas de cuidado para as DST, AIDS e hepatites virais. É valido, ainda, destacar: Tratamento, Seguimento e Adesão ao Tratamento de HIV/AIDS e HV, direitos sexuais e reprodutivos, saúde mental, profilaxia com ARV, atenção à lipodistrofia por meio de ações voltadas a orientações sobre nutrição e exercícios físicos, eventos adversos, manejo de resistência, abordagem das coinfecções mórbidas e comorbidades, qualificação  e organização de serviços ambulatoriais, assistência hospitalar e laboratorial voltadas às DST/AIDS/HV, qualificação da abordagem na Atenção Básica das crianças e adolescentes infectados pelo HIV, prevenção da TV da Sífilis, Hepatite B, HTLV e HIV.

Também são contemplados a gestão, desenvolvimento humano e institucional e a pesquisa. A palestrante, Sabrina Vilas Boas, enfermeira e coordenadora do CTA/SAE, informou que tão logo seja concluído, o plano terá seus prazos de execução e cronograma divulgados á população.