barragem ponto novo

O Governo da Bahia representado pelos Secretários de Meio Ambiente, Eugênio Splender e da Agricultura Eduardo Salles estiveram em Ponto Novo nesta sexta feira(28), onde fizeram uma reunião com lideranças políticas, empresariais e irrigantes do perímetro de irrigação de Ponto Novo, na pauta a situação do nível crítico de água da barragem e a iminente paralisação da irrigação.

O prefeito eleito Adelson agradeceu ao governo nas pessoas dos secretários Eugênio Splender e Eduardo Salles pelas constantes presenças em Ponto Novo, sobretudo neste momento delicado para a sobrevivência da nossa agricultura de irrigação e garantiu aos irrigantes total apoio no que for possível por parte do poder público municipal

 

Em seu pronunciamento, o secretário Eduardo Salles, afirmou que o governo da Bahia tem tido toda preocupação com esta situação e nunca se mobilizou tanto em apoio a este projeto e ao município de Ponto Novo. “É uma decisão dolorosa e sofrida, mas o compromisso maior do governo é com o abastecimento humano; estudos realizados mostram que ainda temos uma pequena possibilidade de manter o projeto em funcionamento, porém o faremos com toda cautela, estaremos a partir de agora fazendo uma drástica redução no volume de água para a irrigação, sabemos que esta medida trará redução na produção e na qualidade dos produtos, esperamos que nas atuais condições, possamos permanecer até o final de janeiro de 2013”, afirmou o secretário

 

Mas a boa notícia veio através do Secretário de Meio Ambiente, Eugênio Splender, ao afirmar que o governador Wagner garantiu a ampliação da Barragem já neste ano de 2013, cujos recursos já estão no orçamento do próximo ano. “Através de uma moderna tecnologia chamada FUSE GATES, a barragem aumentará seu volume em aproximadamente 30% da sua capacidade, o que representará mais segurança aos irrigantes. O novo prefeito Adelson já pode comemorar esta conquista para o município, nela o governo vai investir cerca de 4 milhões de reais.

As informações e garantias de manutenção da água para a irrigação e a ampliação da barragem, eram tudo que a população desejava ouvir

 

(Escrito por Arnobio Carneiro/Itapicuru FM)