O presidente da Câmara de Caldeirão Grande, Maelson Guirra de Araujo, está sendo acusado pelos seus colegas de parlamento de fugir da cidade sem pagar os vencimentos dos vereadores. Ele teria recebido os repasses do Poder Executivo, creditado na conta do Legislativo no dia 20, porém, os valores depositados nas contas dos vereadores teriam sido bem inferiores aos salários percebidos pelos edis.

 

“Na minha conta entrou pouco mais de R$ 200 reais, e o presidente sumiu da cidade, desligou o celular, ninguém dar noticias, até o seu perfil no facebook, ele deletou “, reclama o vereador reeleito Luiz Guirra que ameaça denunciar o colega a Polícia Federal.

Em entrevista à Rádio Jaraguar de Jacobina, Luiz Guirra disse que não somente os vereadores ficaram sem receber, mas, os prestadores de serviços e fornecedores também teriam sido caloteados.

INFORMAÇÕES NOTICIA LIVRE