nota esclarecimento

A Rádio Nuporanga FM vem sendo citada nos últimos dias pelo deputado estadual, Adolfo Menezes, no seu posicionamento sobre o processo de validade de sua candidatura como prefeito eleito de Campo Formoso, que está em análise no Tribunal Regional Eleitoral, TRE. O programa 98 Notícias sempre abriu espaço para os grupos políticos do município, no consciente dever democrático do veículo de comunicação que respeita o ouvinte.

Uma emissora de rádio comercial (que paga impostos, mantém uma equipe de funcionários e dá manutenção em equipamentos caros) se sustenta de propagandas. Os dois deputados de Campo Formoso, Adolfo Menezes e Elmar Nascimento, manifestaram  interesse no segundo semestre de 2011 e no primeiro de 2012, em divulgar as atividades como parlamentares. Foi realizado um contrato de compra de espaço no horário comercial no valor de R$ 1.700,00  para que os dois políticos divulgassem seus boletins. O mesmo serviço de venda de espaço é feito para prefeituras, câmara de vereadores, empresas, igrejas e comércio em geral. A produção dos conteúdos é de responsabilidade de seus autores.

As mesmas propagandas foram feitas pelo deputado Adolfo Menezes em outdoors e carros de som, espalhados no município, por meio de empresa do ramo. Mas apenas a Rádio vem sendo alvo de críticas do prefeito eleito. Com base nos contratos, e a partir de denúncia da Procuradoria Eleitoral, o TRE analisa a configuração de propaganda antecipada e abuso de poder econômico.

O diretor presidente da 98 FM, Zito Veras, explica que foi vereador de Campo Formoso durante dois mandatos, mas há 12 anos se afastou da participação direta na política, e não tem interesse em cargo público, por entender que pode colaborar com o município por meio da comunicação. Zito Veras, como direito de todo cidadão, esclarece que tem sua preferência política, mas sempre buscou separá-la do papel democrático do veículo de comunicação social. A Rádio 98 FM  reforça que, independente de quem  esteja no poder, mantém os princípios básicos do jornalismo de ouvir diferentes lados, e de priorizar sempre a população.