Após publicar o Decreto N.º 155/2012, de 23 de Novembro de 2012, criando a Comissão de Transmissão do Governo ao governo eleito, o Prefeito Paulo Machado convocou o seu primeiro escalão e membros da comissão específica formada pelo referido decreto, em reunião do último dia 28 (11) para discutir os termos da transmissão a ser iniciada na próxima segunda-feira, dia 03 de dezembro. Atendendo o que exige e prevê a Resolução TCM no. 1311/2012, de 29 de agosto de 2012 à referida comissão do governo atual cabe propiciar repasse de informações e documentos aos representantes da nova administração municipal a serem empossados no dia 01.01.2013, de modo a não inibir, prejudicar ou retardar as ações administrativas. Define o Decreto a comissão municipal e acata os nomes enviados por Dr. Edivaldo Martins Correia, nos seguintes termos:

 

D E C R E T A:

 

Art. 1º – Fica criada a Comissão de Transmissão de Governo, constituídas dos seguintes membros:

 

Oldonisio Batista Machado – Secretário de Administração

Raulino Teixeira – Assessor da Secretaria de Finanças

Rivaldo Tavares da Silva – Chefe do Controle Interno

Carla Leal Ulm Ferreira – Responsável pela Contabilidade

 

REPRESENTANTES DO PREFEITO ELEITO:

 

Manoel Archanjo dos Santos Neto

Carlos Adriano Rodrigues da Silva

Rodrigo Isaac de Freitas Martins

Marcos Souza Conceição

Anderson Luz Silva

Eline Lúcia Macedo Sobreira da Silva

Jorge Adriano Ferreira de Souza

 

ORIENTAÇÕES DO PREFEITO PAULO MACHADO: Visando o bom andamento dos trabalhos, o prefeito Paulo Machado passou as seguintes normas e orientações:

 

1. Cada Secretaria deverá ter à mão seus relatórios, Planos de Trabalho e pendências, a serem apresentadas ao futuro governo;

 

2. À medida que se fizer necessário cada secretário (a) poderá ser chamado a prestar esclarecimentos e informações às duas comissões;

 

3. O futuro governo deverá ter ciência dos desafios e projetos que o aguardam;

 

4. Nenhuma secretaria ou setor poderá apagar arquivos, programas e sistemas, como ocorre em muitas passagens de governo. O futuro governo deverá ter acesso a tudo o que se construiu nos últimos quatro anos, inclusive quanto a formulários;

 

5. Será entregue ao futuro governo um back-up dos conteúdos existentes em cada computador que serve atualmente à gestão municipal;

 

6. Serão cedidos dois celulares corporativos à comissão do futuro governo, facilitando-se a comunicação com a comissão nomeada pelo governo Cuidando de Nossa Gente.