O vereador Helson de Carvalho(PMDB), resolveu abrir o jogo sobre o seu apoio ao candidato eleito nas eleições do último dia 7, durante entrevista concedida no Programa Bonfim Noticias, da Rádio Caraíba AM. Durante a entrevista, o vereador fez questão de colocar que alertou por diversas vezes ao prefeito Paulo Machado, para retirar do quadro de funcionários da prefeitura, pessoas ligadas ao deputado Carlos Brasileiro. Segundo Helson, Machado pagou um preço caro por não escuta-lo.

Helson declarou ainda que os ex- secretários de Saúde, Marcos Lima e da educação Maria das Neves, ao lado da atual secretária de infra-estrutura, Auzeneide Nunes, foram os grandes traidores e colaboradores  da derrota de Paulo Machado. Durante a entrevista, o vereador revelou que quando pedia votos, os eleitores declinavam simpatia apenas pelo seu nome e rejeitavam apoio a Machado.

Para Helson, decidir faltando apenas três dias da eleição apoio a Dr Correia, foi decisivo em sua eleição. O vereador declarou que se continuasse o seu apoio a Paulo Machado certamente seria derrotado. Disse que poderá assumir a liderança de Correia na Câmara e que votará em Laercio Muniz(PTN), para presidir a câmara de Bonfim.

Foto Ivan Silva