Esclarecimento: adversários invadiram

comício do PT para provocar multidão

 

 

A coligação “O trabalho de novo com a vontade do povo” estranha informações divulgadas em blogs e outros meios de comunicação sobre o comício realizado pelo 13 e que contou com a participação do governador Jaques Wagner, no último sábado (29).  Para isto, busca que a verdade seja estabelecida, segundo os critérios éticos e comprometidos com a informação séria, sempre almejada por toda a população bonfinense. Cabe esclarecer que o fato mais importante ocorrido no grandioso ato, em apoio a Brasileiro e Gustavo, e que deveria ser reportado, é que um grupo de correligionários do adversário invadiu o comício realizado pelo concorrente para vaiar, provocar e gerar confusão, como comprovado em vídeos e fotos (em anexo).

Há de se levar em conta que a praça é pública e aberta a qualquer cidadão. No entanto, há de se considerar que no local havia um comício realizado por uma coligação, o que faz entender que, no mínimo por respeito, é necessário garantir direitos e seguir o que diz a própria lei.  O que faz alguém colocar um adesivo no peito e ir até o comício do adversário xingar, vaiar e fazer provocações? Isto é correto? Fica a perguntar para aqueles que certamente saberão compreender o que está acontecendo.

O mais grave é que ainda tentaram deturpar informações, ao gravar vídeo de dentro do grupo que provocava a confusão, o que fazia parecer que a maioria da multidão estava vaiando, quando apenas este pequeno grupo fazia as provocações. Chama atenção ainda que até mesmo o atual prefeito, irritado com o apoio declarado do governador a Brasileiro, em texto enviado por sua coligação, agride os eleitores do PT ao afirmar: “militantes do PT aplaudiam as ações de selvageria e barbárie”.

As fotos anexas mostram claramente quem provocou a violência em comício alheio, irritados com a multidão que foi apoiar Carlos Brasileiro e Gustavo Miranda. Fica mais uma pergunta: qual será o motivo de tamanha violência?

 

 

Assessoria de Comunicação