Os médicos que prestam serviços no Hospital Regional de Senhor do Bonfim deverão suspender as suas atividades nesta quinta(13), caso as reivindicações não sejam atendidas.

O corpo clinico reivindica pagamento integral de seus vencimentos, melhores condições de trabalho, medicamentos para suprir as necessidades dos pacientes, contratação de profissionais capacitados e outras.

Segundo informações, a secretaria de saúde do município teria garantido fazer o pagamento de setenta por cento dos salários dos médicos. A proposta foi rejeitada. Para evitar uma suspensão no atendimento, a Semus terá que crumprir com todas as reivindicações.

Caso as exigências não sejam cumpridas, o atendimento a partir desta quinta(13), acontecerá somente para os casos de emergência.

Foto Neto Maravilha