A Comarca  eleitoral de Saúde confirma em certidão a legalidade da pesquisa da empresa SATC- Assessoria e Consultoria, registrada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE) com o número 000116/2012  que aponta empate técnico no município de Ponto Novo, e desconhece a pesquisa realizada pela P&A – Instituto de Pesquisa e Anal Soc e Econômica Ltda – que apresenta vantagem do candidato Marcos Silva(PSD) sobre os demais candidatos.

Conforme CERTIDÃO OFICIAL emitida pela 115ª ZONA ELEITORAL não existe nenhum dado que comprove a  referida pesquisa.

Divulgação sem registro

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, os responsáveis pela divulgação de pesquisa sem o prévio registro das informações previstas na resolução ficarão sujeitos à multa que varia de R$ 53.205 a R$ 106.410. Há outras penalidades e multas estabelecidas na resolução, no tocante à divulgação de pesquisa fraudulenta. O veículo de comunicação que publicar pesquisa não registrada deverá arcar com as conseqüências dessa publicação, mesmo que esteja reproduzindo matéria divulgada em outro órgão de imprensa.

Compartilhe isso