Na manhã desta quarta-feira, dia 8 de agosto, faleceu o Monsenhor Walter Francisco de Souza, nosso Padre Walter, filho de Cachoeirinha e que vinha há anos exercendo as funções de Capelão da Irmandade Santa Cruz dos Militares, no Centro do Rio de Janeiro, e Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Copacabana. O corpo,velado durante todo o dia nesta quarta-feira, na Paróquia Nossa Senhora de Copacabana, e no dia 9 de agosto, às 9 horas, o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, presidiu Missa de corpo presente, seguindo-se o enterro no Cemitério do Caju.

 

Nascido na Rua Barão do Cotegipe, número 01, em Senhor do Bonfim, o quarto entre oito irmãos, ingressaria no seminário de Bonfim, criado por Dom Henrique Golland Trindade.Sendo ordenado sacerdote na catedral diocesana de Bonfim,exerceriao ministério sacerdotalcomo Cura da Catedral e Pároco de Senhor do Bonfim, de 1º. de fevereiro de 1955 ao ano de 1960, quando transferiu-se para a Arquidiocese do Rio de Janeiro.

 

Ainda hoje Senhor do Bonfim recorda o jovem e intrépido pároco, que percorriaos quatro cantos da paróquia de moto, animal ou jeep, movido por uma alegria e umadisposição permanentes. Admirador do escotismo, criou-o em sua paróquia, atuando intensamente entre osadolescentes e jovens.

 

Atento às questões sociais e políticas de sua terra natal, candidatou-se a Prefeito em 1959, em memorável e apaixonante campanha eleitoral, sendo derrotado por Aloisio Gonçalves Senhor do Bonfim tem gravada em sua memória a coragem, a fé e a luta incansável deste seu filho.que faleceu em terras distantes de seu solo natal.

 

Passou para a história a encenação da peça “Capitães de Areia”, por ele dirigida, e levada a palco inclusive em Salvador.