O deputado estadual Carlos Brasileiro, foi intimado pela Comissão Especial da câmara, para apresentar esclarecimentos de sua defesa nesta quarta(20), às 8:30hs. O ex-prefeito  teve suas contas rejeitadas em 2001 através do Parecer Prévio emitido pelo Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia,

A Comissão formada pelos vereadores Gerivaldo Sampaio(PSC), Lúcia Cerqueira(PHS), e Gilberto Pires(PSB), notificou o ex-gestor no último dia 14 deste mês de junho. Brasileiro arrolou 27 testemunhas.

Segundo informam, a Comissão deverá apresentar seu parecer final antes do prazo de registro de candidatura. Para escapar e não figurar no banco dos fichas sujas, o ex-prefeito de Senhor do Bonfim, terá que contar com o voto de sete dos dez vereadores.

O Ministério Público já foi informado de todos os procedimentos realizados pela Comissão Especial.