Foi realizada na quarta-feira, 06 de junho, a entrega aos jaguararienses de uma Sala de Recursos Multifuncionais (SRM), para atendimento a educando portadores de necessidades especiais. Trata-se de um espaço para Atendimento Educacional Especializado (AEE) situada na Escola João Ferreira de Matos. Essa é uma importante ação do sistema de ensino, no sentido de oferecer suporte às necessidades educacionais dos estudantes, favorecendo seu acesso ao conhecimento e desenvolvimento de competências e habilidades próprias.

O papel do AEE é de oferecer o que não é próprio do currículo escolar, propondo objetivos, metas e procedimentos educacionais específicos. Suas ações são definidas conforme o tipo de deficiência-alvo, numa perspectiva de complementar e/ou suplementar suporte ao atendimento das diversas necessidades educacionais, isto é, não se trata reforço escolar, mas de promoção de políticas de acessibilidade e de promoção da igualdade de oportunidades.

Os professores destas salas atuarão de forma colaborativa com o professor da classe comum para a definição de estratégias pedagógicas que favoreçam o acesso ao aluno com necessidades especiais à formação, sem desprezar o currículo e a sua interação no grupo dos demais educandos. Além dessas, outras ações para promover a inclusão desses educandos, serão promovidas.

Na Sala de Recursos Multifuncionais serão atendidos alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento, deficientes sensoriais, deficientes intelectuais e altas habilidades ou superdotação, cujo atendimento será realizado em turno oposto ao da classe comum.

O atendimento terá duração de 80 minutos à 2 hora/dia, e ocorrerá de duas a três vezes por semana. Para participar do projeto é necessário que os alunos estejam freqüentando regularmente a escola.

Segundo Mayra, diretora da Escola João Ferreira de Matos, destacou ser “muito significativa a promoção da educação inclusiva, e fundamental para a formação dos cidadãos”,

Já a Diretora Pedagógica da Secretaria de Educação do Município, Valdira Bonfim, lembrou que se trata “de um trabalho direcionado para as especificidades de cada aluno portador de necessidades especiais”.

O Secretário de Educação José Antônio classificou o prefeito Antônio Nascimento como o maior entusiasta da instalação de uma Sala de Recursos. E, segundo José Antônio, a Sala de Recursos deve iniciar suas atividades a partir da segunda-feira, dia 11 de junho. O que, para o Secretário, dará um salto qualitativo no desenvolvimento de habilidades dos educandos e na educação de pessoas portadoras de necessidades especiais.

Já a Coordenadora de Educação Inclusiva Licimara ressaltou que a sala de Recursos tem função especializada para educação, que precisa trabalhar em conjunto com outros departamentos, como Desenvolvimento Social e Saúde.

Em discurso, o Prefeito Antônio Nascimento externou sua satisfação em poder oferecer aquele importante instrumento à sociedade jaguarariense, e afirmou que é “dever do poder público cuidar das pessoas”. E concluindo, disse: “vamos continuar trabalhando pela educação, colocando o poder público a serviço de todos”,.

Os SRMs fazem parte de ação interventiva do MEC, a qual é distribuída entre os estados e os municípios.

 

Assessoria de comunicação da SEMEC.
Cledson Carvalho dos Santos: 9963. 4706 ou 3619. 3028