Imagem do Senhor do Bonfim antes da destruição

 

A destruição da imagem do Senhor do Bonfim, ocorrida na tarde de ontem(06),  no interior da Catedral Diocesana, está repercutindo em todo o estado. O episódio lamentável, abre uma série de debates em torno do acontecido.

Católicos que acompanham sempre as celebrações estão desconsolados, e o clima de tristeza é visivel no olhar de cada fiel. A Igreja, dutrante toda a tarde de ontem, recebeu a visita de milhares de pessoas que não acreditavam no que aconteceu.

A imagem do Senhor do Bonfim, foi trazida de Portugal Há mais de 150 anos. Escupida em madeira, a imagem ficou aos pedaços quando Edmilson  Antônio dos Santos, 29 anos, residente no Alto da Maravilha, invadiu a Igreja, e iniciou a destruição da imagem que foi arremessada ao chão.

Edmilson, ainda ficou com braços abertos imitando Jesus Cristo, no momento de sua crucificação. O elemento, ainda destruiu outros objetos sagrados da Igreja . A PM foi chamada e conseguiu prender Edmilson, conduzindo o mesmo ao Complexo Policial.

Já no Complexo, o destruidor da imagem, falava frases em que se auto denominava como o Salvador.

A programação hoje(07), de Corpus Christi, está mantida, e o bispo da Diocese, D. Francisco  Canindé, presidiu um Missa ao lado dos objetos sagrados que foram destruídos.

                  Imagem do Senhor do Bonfim destruída