Por cinco votos contra um, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou na tarde dessa terça-feira (05) o mandato do prefeito do município de Valente (foto) Ubaldino Amaral (PSC) e seu vice-prefeito Eduardo Cedraz.

O Tribunal determinou o afastamento imediato dos gestores do município e a convocação de eleição indireta no prazo máximo de 30 dias, sendo que neste período o presidente da Câmara Lucivaldo Araújo (PR), deverá assumir a prefeitura. O pedido da cassação foi movido pelo Ministério Público.

O processo tem como assunto a “Captação ou gasto ilícito de recursos financeiros de campanha eleitoral e Pedido de cassação de diploma” referindo-se as eleições municipais de 2008 e foi movido pelo Promotor Público de Valente, na época Milen Castro. Nesse processo (1764896), o prefeito teria comprado 5 mil camisas e distribuído na eleição de 2008.

Fonte:Calilanoticias.