A Secretaria Municipal de Assistência Social de Pindobaçu, através da Coordenação de Defesa Civil do Estado da Bahia (CORDEC), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (SEDES), realizou no dia 18 de maio, reunião com representantes da Sociedade Civil e Poder Público, para formação da Comissão Municipal que acompanhara as ações no atendimento emergencial as famílias afetadas pela seca no Município.

A Comissão ficou constituída por:

Representantes do Poder Público dos seguintes órgãos:

·

Defesa Civil;


·

 

Departamento Municipal de Agricultura;

·

Cadastro Único Municipal (Secretaria Municipal de Assistência Social).


Representantes da Sociedade Civil:

·

 

Pastoral da Criança;

·

 

Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Pindobaçu;

·

 

Igreja Presbiteriana;

·

 

Igreja Católica;

·

 

Igreja Assembleia de Deus.


Representante do Ministério Público, com a função de acompanhar, avaliar e fiscalizar a execução dessas ações.

A comprovação das doações, será registrada através de relatório com os seguintes dados: Nome completo, Endereço, Documento de Identidade, Número de Identificação Social (NIS), número de membros da família e assinatura do responsável.

A próxima reunião com a Comissão Municipal acontecera nesta segunda-feira dia 21 de maio, para seleção das primeiras famílias que serão beneficiadas, pelo Projeto “Vale Vida Programa da Seca” da Empresa Baiana de Alimentos – EBAL, que consiste no fornecimento de um cupom nominal, no valor correspondente a R$ 65,00 (sessenta e cinco reais), podendo o beneficiário efetuar compras na loja da Cesta do Povo.

As famílias beneficiadas serão da Zona Rural e devem estar inscritas no Cadastro Único de Programas Sociais do MDS – Cadúnico, e possuir renda mensal per capita de até meio salário mínimo e, preferencialmente, àquelas cuja renda mensal per capita seja inferior a ¼ (um quarto) do salário mínimo.