Bebida e chuchu apreendido durante a revista/Foto Boletim Policial

A Polícia Civil de Jacobina, no centro-norte baiano, apreendeu no complexo policial da cidade cerca de 40 litros de uma bebida produzida pelos próprios detentos. Conhecido como “Maria Louca”, o líquido estava em vasilhames de água mineral de 20 litros, onde era feito todo o processo a partir da fermentação de arroz, com teor alcoólico de 16%. Após 30 dias a fusão era concluída. Segundo informações da polícia, durante a revista de rotina, além de arroz, também foram encontradas frutas cítricas para dar coloração e acidez à bebida. O material apreendido será enviado para perícia e os autores serão ouvidos pela delegacia local.

Informações do site Boletim Policial.