Carlos Alberto Pereira da Silva*

Em ano eleitoral, em Senhor do Bonfim, o que ouvimos é apenas falácia de nomes, apenas por vaidades pessoais, mas onde estão as propostas de projetos para educação, para saúde, comércio local, meio ambiente e demais políticas públicas?

Enquanto os nossos políticos brigam para colocar o seu nome como o melhor, a nossa política pública é discutida em outros contextos que os nossos políticos nem sabem da dimensão. Por exemplo, no dia de hoje (25 de abril) ocorria a aula inaugural da primeira turma do Curso de medicina na UNEB em Salvador, com a presença do secretário de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde, Mozart Sales, do Ministério da Saúde, onde o mesmo propôs intensificar a articulação entre os governos estadual e federal para ampliar a oferta de vagas nos cursos de saúde da universidade, dizendo o seguinte: “Vamos agendar uma visita dos gestores da UNEB e da Sesab à Brasília para estudarmos isso. A intenção é que dois anos o curso de medicina, por exemplo, já possa oferecer 100 vagas”. Depois da fala do secretário o reitor da UNEB Valentim lembrou que: “dentro dessa política de formação de profissionais para atuar no SUS, a UNEB já planeja levar o curso de medicina para os campi da universidade em Senhor do Bonfim (Campus VII) e Guanambi (Campus XII)”. O evento também contou com a presença do Secretário estadual de Saúde Jorge Solla – representando o governador da Bahia, Jaques Wagner.

A íntegra da matéria da aula inaugural pode ser lida no endereço eletrônico: www.uneb.br no link: Monzart Sales: governo federal que investir mais nos cursos de saúde das UEBAS.

Precisamos abrir nossas cabeças para discussões mais amplas como: 1) Movimento de toda sociedade do Piemonte Norte do Itapicuru junto a UNEB, para consolidar a real possibilidade da vinda do curso de medicina, porque não?; 2) Tombamento do GRUNGA como área de preservação permanente para sociedade e não para particulares; 3) Fortalecimento da nossa força comercial, como polo regional.

Vamos discutir políticas públicas em primeiro lugar e depois analisaremos os nomes em condições de consolidar essas políticas.

 

*CARLOS ALBERTO PEREIRA DA SILVA (Betinho), Pós-Graduando em Controladoria, Pós-Graduado em Administração Hospitalar, Bacharel em Ciências Contábeis, Servidor da UNEB há 21 anos, ex-vereador.