Rafael França

Eduardo Martins | Ag. A TARDE

Vitória encontra dificuldades contra o Feirense e, pressionado, sofre gol no final do jogo

Vitória encontra dificuldades contra o Feirense e, pressionado, sofre gol no final do jogo

Com um rendimento muito aquém do esperado pelo seu torcedor, o Vitória suou para manter o empate sem gols com o Feirense na tarde deste domingo, 22, no Estádio Pedro Amorim, mas não resistiu à pressão do time da casa e perdeu por 1 a 0.

Depois de encurralar o rubro-negro em seu campo de defesa, a Águia do Sertão garantiu o triunfo aos 42 minutos do segundo tempo: em boa jogada de triangulação, Cleiton tabelou e, livre na área do Vitória, mandou uma bomba de perna esquerda no canto de Renan.

O triunfo sobre o Leão significou para o Feirense a inversão da vantagem: agora, a equipe do interior passa a depender apenas de um empate no jogo de volta para se classificar à final do Baianão. Para chegar à decisão, o rubro-negro precisará de qualquer triunfo simples diante do seu torcedor.

Com um primeiro tempo sem grandes emoções, Vitória e Feirense deixaram para correr em busca do gol somente na segunda etapa. O time mandante, no entanto, esteve mais organizado e, empurrado pelo seu torcedor, construiu muito mais chances de marcar. Desfalcado de quatro titulares, o Vitória foi muito tímido e, com os seus meias e os seus laterais inoperantes, se limitou apenas a tentar segurar o ímpeto do time da casa.

As duas equipes voltam a se enfrentar às 16h do próximo sábado, 28, no Barradão. Um dia depois, em Pituaçu, Bahia e Vitória da Conquista brigam pela outra vaga na final. Vitorioso no jogo de ida, o Bode joga pelo empate para avançar à decisão.

Feirense 1X0 Vitória – jogo de ida da semifinal do Campeonato Baiano 2012.

Local: Estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim (BA). Data: Domingo, 22 de abril. Horário: 16h.

Árbitro: Manoel Nunes Lopo Garrido. Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Luiz Carlos Silva Teixeira.

Público: 1.445 pagantes. Renda: R$28.900,00.

Gol: Cleiton (aos 42 minutos do segundo tempo) para o Feirense.

Cartões amarelos: André Cabeça e Mota (Feirense); Victor Ramos (Vitória).

Feirense: Naldo; Ângelo, Mota, Alysson e Reivan; Baiano, Ananias, André Cabeça (Jaiminho) e Danilo Cruz (Tite); Paulinho (Cleilton) e Hermínio. Técnico: Duzinho.

Vitória: Renan; Léo, Victor Ramos, Dankler e Wellington Saci; Uelliton, Rodrigo Mancha, Pedro Ken (Dinei) e Lúcio Flávio (Arthur Maia); Rildo (Tartá) e Neto Baiano. Técnico: Ricardo Silva.