O prefeito de Cansanção, Ranulfo Gomes, viajou para Brasília onde irá participar no  final da tarde desta terça-feira(03), da Mobilização  Municipalista por Estratégias e Ações para o Enfrentamento da Seca.

Alem  do prefeito de Cansanção, um grupo de 158 prefeitos de municípios  atingidos pela seca na Bahia irão participar da Mobilização. Liderados  pelo presidente da UPB, prefeito de Camaçari, Luiz Caetano, participarão  de reuniões nos Ministérios do Desenvolvimento Agrário e da Integração  Nacional e as 17:30 se encontrarão com a bancada dos deputados federais e  senadores baianos no plenário 13 da Câmara Federal.
.
Veja itens da pauta de medidas emergenciais que será apresentada pelos prefeitos baianos:
.
Ampliar o atendimento de carro pipas para atendimento nas comunidades rurais;
.
Garantia de créditos emergenciais para custeio pecuário;
.
Recursos financeiros para o suprimento de água, ampliação de açudes, barragens e aguadas;
.
Recursos financeiros fundo a fundo e/ou cestas básicas entregues no   município para atendimento às famílias atingidas pela falta de chuvas;
.
Máquinas do Derba, Dnocs, Codevasf e de outros órgãos públicos para limpeza das aguadas e melhoria das estradas;
.
Instalar, em caráter de urgência, poços artesianos por parte da Cerb, além da manutenção dos existentes;
.
Ampliar construções de cisternas de abastecimento humano e de produção;
.
Priorizar os municípios em estado de emergência no Programa Água para Todos;
.
Renegociar operações de crédito rural de custeio e ampliar prazos para  quitação de parcelas de investimentos para
produtores rurais situados  nos municípios que decretaram situação de emergência;
.
Estender o  prazo de carências para os empréstimos adquiridos, pelos pequenos  produtores das regiões atingidas pela estiagem, através dos micros  créditos rurais;
.
Implantar sistemas simplificados de abastecimento de água.
.
ASCOM/PMC