Parentes e amigos de Márcia protestam diante do triste fato

O investigador da Policia Civil, João Macedo dos Santos acusado de na noite do último dia 30 de outubro, do ano passado,  matar a esposa, Marcia Regina,com requintes de muita crueldade e pervesidade, vai prestar depoimento nesta terça-feira(03), no Fórum Desembargador Edgar Simões, em Senhor do Bonfim.

João Macedo, falará pela primeira vez. Macedo esteve em Bonfim, no dia 14 de fevereiro, mas não prestou depoimento pelo fato de uma das testemunhas de defesa não ter comparecido. Na última audiência, uma testemunha acabou sendo presa por falso testemunho.

No mesmo dia da prisão, já no Complexo Policial, a testemunha presa, contou que havia mudado seu depoimento, por ter recebido de Renato Macedo, irmão de João, proposta de trabalho e vantagens financeiras.

Renato Macedo, também  foi indiciado. João Macedo, simulou um acidente de carro para tentar fugir da acusação, ele contou com a participação do irmão na encenação. Marcia, foi algemada e espancada até a morte.

João Macedo, ainda foi para o velório, sepultamento e misssa de sétimo dia de Márcia, mesmo depois da sessão de tortura seguida de morte.

 João Macedo, acusado de matar a esposa com requintes de crueldade

Corpo de Márcia, completamente desfigurado por João Macedo