A indefinição da prefeita de Itiúba Cecília Petrino(PT),na escolha de um sucessor aliada a um segundo mandato cheio de críticas e fogo amigo, acabou trazendo de volta a cena, um dos mais tradicionais caciques da política itiubense, o ex-prefeito Antônio Manoel Neto “Netinho”.

Derrotado nas três últimas eleições municipais, o Democrata Netinho vive um de seus melhores momentos na política de Itiúba, segundo fontes seguras várias pesquisas internas apontam ampla vantagem do ex-prefeito sobre os demais pré-candidatos.

Enquato a prefeita Cecília brigava com aliados, demitia funcionários contratados, perseguia afilhado e assistia de camarote a farra de funcionários do alto escalão de seu governo, o ex-prefeito Netinho, fiel adepto do saudoso ACM articulava a oposição, reunia antigos  aliados e bolava uma grande estratégia para retornar ao poder.

Em recente reunião no povoado de Rômulo Campos, o ex-prefeito mostrou que não está disposto a apanhar pela quarta vez consecutiva e demostrou força e articulação ao unir em prol de sua pré-candidatura vários nomes de peso da política local a exemplo do atual vice-prefeito Evaldo Rios, Edinho dos Correios, Celso da Mega, Domingos Batista, dentre outros.

De acordo com um de nossos informantes, o vereador Otaviano(PT) é o preferido da prefeita, porém o medo de causar um racha ainda maior dentro de seu grupo faz com que a petista continue atirando no próprio pé, adiando o anuncio do tão esperado nome para sucedê-lá, enquanto isso Evaldo Rios e Netinho agradecem.

Mesmo em alta, Netinho e Evaldo, que figuram na lista dos fichas sujas, vão tentar na Justiça o direito de se candidatarem.

Gabriel Araújo