*Josemar Santana

 

Sob a denominação atrativa e pomposa de SIMPÓSIO, o PTN-Partido Trabalhista Nacional articulou outros partidos de oposição de Senhor do Bonfim e anunciou a realização do 1º SIMPÓSIO POLÍTICO – Bonfim em busca de soluções, convidando expressivas lideranças políticas votadas no Município e região, consideradas de oposição para o evento.

 

Entre os convidados estiveram presentes: deputado federal ACM Neto (DEM), líder do partido na Câmara Federal; deputado estadual Elmar Nascimento (PR), líder da oposição na Assembléia Legislativa da Bahia; deputado estadual Luciano Simões (PMDB), uma das vozes mais críticas da oposição ao atual governo, na Assembléia Legislativa; deputado estadual Sérgio Passos (PSDB), presidente do partido na Bahia e o ex-deputado federal José Carlos Aleluia (DEM), presidente do partido na Bahia.

 

O evento, organizado pelo PTN, com apoio do DEM, PR, PMDB, PSDB, PRTB, PTdoB, PSDC e PRP foi programado para a tarde o último dia 10, no Salão de Festas do Campo Clube Senhor do Bonfim, com início previsto para as 14:00 horas, sofrendo um atraso de pouco mais de uma hora, registrando-se as presenças de presidentes dos partidos envolvidos no evento e mais os presidentes do PSC e do PDT, como convidados pessoais do DEM, além de simpatizantes desses partidos.

 

Presidentes de partidos e líderes políticos de municípios vizinhos também estiveram presentes, vindos de Jaguarari, Andorinha, Filadélfia e Antônio Gonçalves, mas faltaram entre os convidados especiais, o ex-governador César Borges, o ex-ministro Gedel Vieira Lima, o deputado João Bacelar, o deputado federal Juthay Magalhães e o deputado federal Lúcio Vieira Lima.

 

Apesar de não ter acontecido o SIMPÓSIO programado, tendo sido realizado no seu lugar um ENCONTRO POLÍTICO, o movimento foi considerado positivo, considerando-se apenas dois aspectos: primeiro, o de “animar a tropa”, como se costuma dizer quando os eleitores buscam uma motivação para defender suas ideias e seus candidatos e, segundo, porque ficou a ideia de que é necessário, efetivamente, a realização de eventos que busquem soluções para nossa Bonfim, já que a última década está sendo considerada como perdida, pela ausência de ações e obras infraestruturais que alavanquem o nosso desenvolvimento.

 

Para isso, entretanto, será necessário que se realizem verdadeiros SIMPÓSIOS, SEMINÁRIOS e outros eventos capazes de reunir cientistas sociais e políticos, técnicos, artistas e representantes de categorias da sociedade civil (rurais e urbanas), para, efetivamente, ouvirem sugestões, contribuírem com ideias, e, ao final, apontarem possíveis soluções, ou, ao menos, alcançar o objetivo visado, como no caso do 1º SIMPÓSIO POLÍTICO, que era o de buscar junto às lideranças maiores cobranças em todas as esferas dos governos, municipal, estadual e federal, proposta que não saiu do papel, porque se restringiu presenças importantes, como a do atual prefeito, que, se não é culpado sozinho pela ausência de importantes conquistas almejadas pelo nosso povo, poderia explicar muitas dessas ausências.

 

Com razão setores da mídia radiofônica tem cobrado dos organizadores relatórios com resultados do anunciado SIMPÓSIO, que não existem, porque o programado SIMPÓSIO, simplesmente, não aconteceu.

 

Se forem repetidos ENCONTROS POLÍTICOS iguais ao que se realizou no dia 10 passado, em vez de SIMPÓSIOS ou SEMINÁRIOS que envolvam todos os segmentos políticos e sociais do nosso município, sem distinções de opções políticas, correremos o risco de realizar SIMPÓSIOS como se realizavam na Grécia Antiga, aonde os participantes, ao final de alguns discursos, comiam e bebiam, participando de festivos banquetes, sem alcançar resultados práticos.

 

Do SIMPÓSIO anunciado e que não aconteceu, valeu a idéia , para que seja implementada em busca de soluções para Bonfim.

 

*Josemar Santana é jornalista e advogado e preside a Comissão Provisória do DEM, em Senhor do Bonfim-Bahia.