Na sessão realizada nessa terça-feira (28/02) na Câmara Municipal de Senhor do Bonfim; o vereador Gustavo Miranda foi o primeiro a fazer o uso da palavra na tribuna onde criticou novamente à saúde do município, referindo-se ao Hospital Regional e sugeriu formar uma comissão para averiguar denúncias ao qual ele foi informado a respeito da falta de medicamentos naquela Casa de Saúde. Criticou a atitude do prefeito Paulo Machado que ao ser criticado por uma moradora do bairro da Gamboa por um problema na infra-estrutura de sua rua, colocou a culpa no vereador pelo problema ocorrido. “É aquela velha máxima: Transfere as responsabilidades, sempre dando uma de vítima.” disse o vereador.

Quanto à saúde falou que quando esteve com Jorge Solla, Secretário de Saúde do Estado, para discutir a questão do Hospital Regional, onde o secretário teria dito ao Prefeito que o governo assumiria o hospital desde que o município repassasse para o Estado a verba da saúde do Governo Federal e que não foi aceito pelo Executivo Municipal, isso prova que ele está totalmente perdido na administração pública.

O projeto mandado pelo Executivo foi colocado em votação e como o vereador havia dito em seu pronunciamento (o vereador Carlos pediu despensas de parecer da Comissão de Constituição). “Eu sempre fui criterioso, mesmo quando estava na base do governo na avaliação dos projetos, tem vereador que nem sabe o que está votando.”

Gustavo votou contra o projeto do Executivo para contratar 30 pessoas entre pedreiros e serventes de pedreiro informando a população irregularidades no projeto, onde se quer havia a informação de onde sairiam os recursos para pagamento dos contratados. “É notório a fuga de licitação, há interesses eleitoreiros.” Concluiu o vereador.

 

Fonte: ASCOM VEREADOR GUSTAVO MIRANDA