Senhor do Bonfim foi uma das nove cidades da Bahia contempladas com um frigorífico, fruto de uma reivindicação do governo municipal, no valor de mais de R$ 100mil, um projeto da ADAB e Secretaria de Agricultura do Estado da Bahia.

A construção, pré-moldada, permitirá que se recebam os animais (bovinos), opere-se a desossa e se distribua ao próprio mercado a carne devidamente desossada.

Estudos de engenharia e da concepção do frigorífico definiram como melhor área a lateral do mercado onde se encontram três barracas de bebidas. Após explicar a situação aos comerciantes que são proprietários das barracas (um deles será beneficiado por ser proprietário de um açougue bem em frente à obra iniciada), a prefeitura preparou, com pias e infraestrutura, na praça de alimentação do mercado, os boxes que serão utilizados pelos que se sentem prejudicados. Foi negociado também um documento que garantirá aos proprietários remanejados,   boxes ou quiosques na Praça Augusto Sena Gomes, que será construída ainda este ano.

O município precisa consolidar a carne de qualidade e controlada, e não pode abrir mão de uma obra que trará um grande bem a toda a população, o que o obriga a remanejar barracas instaladas em espaços públicos.

Ascom