Acusados de assaltos á bancos na região

(Reportagem de Solon Cruz  – Notícia Livre) – Estão presos no Complexo Policial de Jacobina, quatro supostos integrantes de uma quadrilha especializada em furto a caixa eletrônicos e assaltos a banco que é acusado de ter arrombado, com explosivos, um caixa eletrônico do Banco do Brasil da cidade de Mirangaba, no interior da Bahia. São eles: Gilberto Magalhães Aguiar, 33 anos, natural de São Paulo-SP; Lelson Almeida da Costa, 39 anos, natural de Várzea do Poço-BA; Rudnei Torres, 32 anos, o Magrelo, natural de São Paulo-SP; e Gilvan Santos Sales, 28 anos, natural de Jequié-BA. A polícia apreendeu uma Hilux e um Vectra, além de armas e explosivos que estavam em poder da quadrilha.De acordo com o delegado Élvio Brandão, da 16a Coorpin/Jacobina, o bando planejava vários assaltos na região. “Com excessão de Gilberto, os demais acusados possuem passagens pela polícia”, informou. O delegado informou ainda que os acusados foram autuados por formação de quadrilha e porte ilegal de armas e explosivos.O delegado titular de Mirangaba, Pedro Gonçalves, disse que Gilvan Santos Sales revelou ter comprado o Vectra com o dinheiro recebido do auxílio-reclusão, que é maior que o valor do salário mínimo. “Enquanto a família do criminoso tem direito a este benefício, a família da vítima nada recebe”, desabafou.

NoticiaLivre