Um novo fato surge no município de Itiúba que sepulta de vez as apurações contra supostas irregularidades cometidas pela prefeita itiubense, Cecília Petrina. A Comissão Processante, criada na Câmara  para investigar as denúncias, deu demonstrações de que não tinha interesse em descobrir a veracidade ou não das denuncias.

Na realidade, a Comissão, trabalhou intensamente para inocentar a Prefeita e mante-la no poder. Uma demostração cabal disso, foi a declaração do presidente da Comissão, Valmir Peixinho, que disse que, alguns politicos, estavam armando um esquema para cassar o mandato da gestora.

Valmir, que também é vice-presidente do Legislativo itiubense, informou que após o período carnavalesco, vai reponder acusações feitas contra ele, pelo advogado Josemar Santana.

O novo fato que surge, freia totalmente a Comissão, ou melhor, acaba com a CP. O morador do município, Cícero Serafim de Lima, assinou uma declaração, contando em detalhes que o cheque por ele recebido era originário de serviços por ele prestado na Prefeitura.

Cícero informou ainda, que fornece carne através do PETI, para Várias localidades do interior. A declaração de Cícero praticamente extingue a Comissão Processante. O Blog do Walterley, teve acesso à cópia da declaração de Cícero, encaminhada Câmara de Vereadores, confira: