Eduardo Martins/Agência A Tarde

Souza marcou dois gols e deu a assistência para o terceiro na virada do Bahia sobre o Feirense

Souza marcou dois gols e deu a assistência para o terceiro na virada do Bahia sobre o Feirense

Na provável despedida do técnico Joel Santana, o Bahia voltou a jogar mal, mas conquistou um triunfo incrível pela 5ª rodada do Baianão 2012. Nesta quarta-feira, 1, o Esquadrão de Aço bateu de virada o Feirense, em Pituaçu, pelo placar de 3 a 2. Souza foi o destaque do jogo.

O camisa 9 foi o autor dos dois primeiros gols do tricolor e ainda deu assistência para o terceiro, marcado por Lulinha. Do outro lado, quem brilhou foi o goleiro Naldo, que fez grandes defesas e segurou o placar favorável para o Feirense até o final do segundo tempo, quando o Bahia conquistou a virada.

O Bahia abriu o placar aos 14 minutos do primeiro tempo com Souza, mas o Feirense deu o troco aos 21, em pênalti cobrado por Tite. A virada do time de Senhor do Bonfim saiu no começo do segundo tempo, com Jaiminho, aos 7 minutos. Valente, o Esquadrão de Aço reagiu e conquistou a vitória aos 36 e depois aos 41, com Souza e Lulinha, respectivamente.

Com o resultado, o tricolor chegou à terceira vitória consecutiva no Campeonato Baiano. O Bahia agora tem 10 pontos e pode dormir na terceira posição da tabela, caso o Vitória perca para o Fluminense de Feira, ainda nesta quarta, pela 5ª rodada. O Feirense, por sua vez, perde a invencibilidade no torneio e estaciona nos seis pontos.

No domingo, 5, o Bahia visita o Itabuna, no Estádio Luís Viana Filho. A partida pode ser a primeira sem o comando do técnico Joel Santana, que está de malas prontas para o Rio de Janeiro, onde deve treinar o Flamengo. O Feirense, por sua vez, recebe o Juazeiro no Estádio Pedro Amorim, em Senhor do Bonfim.

Primeiro tempo –  O Bahia entrou em campo em meio a boatos e desconfianças. De um lado, o torcedor queria ver um time melhor do que o das duas últimas rodadas, quando o tricolor venceu, mas não convenceu. De outro, as informações vindas do Rio de Janeiro de que Joel Santana será o novo treinador do Flamengo em breve.

O temor da torcida em outra exibição ruim do Esquadrão começou logo aos 9 minutos, quando Cristóvam invadiu a área do tricolor e chutou na rede pelo lado de fora. Mas a confiança no time não tardou em chegar. Aos 14, Coelho recebeu na direita e fez um cruzamento impecável para Souza cabecear quase rente ao chão: 1 a 0 Bahia.

Após o gol, o tricolor tirou o pé do acelerador. A torcida viu o Feirense crescendo, até que, aos 20, Fabinho derrubou Jaiminho na área. Pênalti para o time de Feira de Santana sediado em Senhor do Bonfim. Tite, que não é o capitão tricolor, cobrou e empatou o jogo, 1 a 1.

O susto não fez o Bahia reagir, e a torcida temeu pelo pior. A desconfiança cresceu quando Rafael Donato furou duas cabeçadas na área, aos 24, e aos 36, quando Jaiminho recebeu de cara para Marcelo Lomba, mas chutou fraco. O primeiro tempo acabou desta forma: em campo, o tricolor não convencia e a impaciência das arquibancadas crescia.

Segundo tempo – Sinal de novos tempos no intervalo: Papai Joel mandou Gabriel para o jogo, para a saída de Vander, novamente criticado pelos tricolores. Não adiantou muito, já que o Feirense surpreendeu logo no retorno da partida. Cristóvam chutou da direita, Lomba fez a defesa, mas a bola sobrou para Jaiminho marcar. Virada aos 6 minutos, 2 a 1 Feirense.

Neste momento, entrou em cena um novo personagem da partida, o goleiro Naldo. Ele foi o responsável por salvar o Feirense em várias oportunidades: aos 15, quando Lulinha cabeceou à queima-roupa; aos 23, quando o mesmo atacante chutou forte; um minuto depois, na chegada do jovem Rafael; e, finalmente, aos 34, quando Coelho cobrou falta com efeito.

Mas o Feirense não resistiu a pressão por muito tempo. Aos 36, Coelho cobrou escanteio e logo ele, Naldo, saiu mal do gol, deixando a bola nos pés de Souza, que empurrou para o gol: 2 a 2, após muita insistência do Esquadrão.

Valente e empurrado pela torcida, que a essa altura largou toda a apreensão e tratou de apoiar o time, o Bahia continuou a pressionar. Aos 41, Gabriel puxou uma jogada em velocidade e passou para Souza; o centroavante serviu Lulinha, que chutou na saída de Naldo. Virada em menos de 5 minutos, 3 a 2 para o Esquadrão e fim de papo em Pituaçu.

Bahia 3 x 2 Feirense – 5ª rodada do Campeonato Baiano 2012.
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA). Data: Quarta-feira, 1º de fevereiro. Horário: 20h30. Público: 1.749 (pagantes) e 6.969 (total). Renda: R$ 88.675,00.
Árbitro: Cosme Iran Sabino de Araújo. Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Jucimar dos Santos Dias.
Gols: Souza (duas vezes, aos 14 minutos do primeiro tempo e aos 36 do segundo tempo) e Lulinha (aos 41 do segundo tempo) para o Bahia; Tite (aos 21 do primeiro tempo) e Jaiminho (aos 7 do segundo tempo) para o Feirense.
Cartões amarelos: Fabinho (Bahia); Naldo, Cristóvam e Ton (Feirense).
Bahia: Marcelo Lomba; Coelho, Titi, Rafael Donato e Hélder (William Matheus); Lenine (Rafael), Fabinho, Diones e Vander (Gabriel); Lulinha e Souza. Técnico: Joel Santana.
Feirense: Naldo; Cristóvam, Alysson, Ton e Sandro; Alexandre, Ananias, Tite (Claiton) e Danilo Cruz (Ramon); Ermínio e Jaiminho (Reivan). Técnico: Zanata.

Confira os resultados da 5ª rodada do Campeonato Baiano 2012:

Bahia 3×2 Feirense (Estádio Metropolitano de Pituaçu) Atlético 2×0 Itabuna (Serinha) Vitória da Conquista 4×0 Juazeirense (Lomanto Júnior) Juazeiro 1×1 Serrano (Adauto Morais) Camaçari 1×2 Bahia de Feira (Armando Oliveira) Fluminense 1×1 Vitória (Joia da Princesa)