O delegado de polícia de Sr do Bonfim, Robson Andrade, já está concluindo o inquérito policial que será remetido a Justiça, no caso envolvendo o médico João Fernandes e o prefeito Paulo Batista Machado.

Na noite de Natal, do ano passado, Paulo Machado, foi chamado a residência do médico para participar de uma reunião, ao chegar no local, o prefeito foi convidado para se dirigir a um dos quartos da casa já próximo ao quintal.

Machado contou, que o médico de uma maneira completamente transtornada, resolveu agredir fisicamente o gestor bonfinense. Ainda segundo Paulo Machado, as agressões eram motivadas por sua saída do PT.

Dr João Fernandes, já prestou depoimento, e confirmou que realmente agrediu o prefeito, mas que foi provocado para praticar tal atitude. A mãe do médico, também prestou depoimento no Complexo Policial.

No sábado(14), foi a vez do motorista do prefeito,  Luís Alan da Silva, prestar depoimento. Ele contou que na noite de Natal, conduziu o prefeito até a residência de João Fernandes, e pediu para resolver assuntos particulares, sendo liberado pelo prefeito. Quando estava em Posto de Combustivel, Luís recebeu chamado de Paulo Machado, solicitando que ele se deslocasse até o Hospital Regional.

O motorista contou ainda, que ao chegar no HR, encontrou Paulo Machado Mancando e reclamando de dores no corpo.