O prefeito Paulo Machado, ainda tem esperanças em realizar o leião de lotes no Parque da Cidade e Jardim Aeroporto. Em outubro de 2011, o município tentou por duas vezes comercializar os lotes, e acabou sendo impedido pela Justiça local.

A ação na Justiça partiu dos vereadores de oposição, Laercio Muniz(PTN), Ivan Barbosa(PT) e Gustavo Miranda(PCDOB). Para os Edis, Paulo Machado não usaria o dinheiro arrecadado com as vendas nas áreas de Saúde e Educação, como amplamente prometido pelo gestor.

Com a desição judicial impedindo o município de realizar o leilão, Machado autorizou a sua Assessoria Jurídica para tentar em Salvador, derrubar a decisão .

Ontem, o prefeito esteve ao lado de seus advogados acompanhando a mais uma etapa do processo que está sendo analisado pelo Tribunal de Justiça da Bahia. Paulo Machado acredita que o TJ deverá se posicionar a favor do município, que apresentou as suas alegações.

 

Foto: Bonfim News