Servidores lotados na Secretaria de Saúde, da Prefeitura de Sr do Bonfim, e que recebem salários via CECOSAP, denunciam que foram obrigados a assinar contra-cheques relativos aos pagamentos do mês de outubro, com a garantia que  receberiam os salários em dezembro.

Os contra cheques foram assinados no último dia 20 de dezembro, e até o momento o dinheiro não caiu na conta de ninguem. Os servidores informam que já estão com mais de três meses com salários atrasados.

Procurado para falar sobre a denúnica, um dos diretores da CECOSAP, Hercules Cavalcante, informou que de fato alguns servidores assinaram os documentos, mas que houve um erro por parte de uma funcionária, que teria liberado os contra-cheques sem que o dinheiro tivesse sido repassado pela Prefeitura de Sr do Bonfim.

Helio Cavalcante, disse ainda, que  não houve nenhuma intenção da empresa em prejudicar nenhum servidor, e aguarda a devolução dos contra-cheques assinados por todos aqueles que se sentirem prejudicados.

Quanto aos repasses, a CECOSAP informa, que até o momento não recebeu os recursos da Prefeitura para quitar com estes compromissos. Hercules informou que teve uma conversa com Paulo Machado, prefeito do município, que havia dado garantia que repassaria o dinheiro ainda esta semana.

A CECOSAP informou também, que em nenhum momento, obrigou nenhum servidor a assinar os contra-cheques, e que esse erro ocorrido não será repetido.