Na manhã desta quarta-feira (28) foi ouvido no complexo policial o médico que está sendo acusado de ter espancado no último domingo (25) o prefeito de Senhor do Bonfim Paulo Batista Machado (PP). 

O depoimento do médico João Fernandes (PT) começou por volta das nove horas e se estendeu até as onze e quarenta.


Ainda na tarde de ontem o site ivansilvanoticia manteve contato com o médico, o mesmo não quis dar detalhes de como foi o seu depoimento, revelou apenas que só iria falar depois que tivesse uma conversa com a presidente do PT, Rita Braz, “não me lembro de tudo que falei, até porque, eu nem solicitei uma copia do meu depoimento. Estou viajando para Salvador e prometo falar depois que eu conversar com a presidente do PT”, declarou João Fernandes.


A nossa equipe manteve contato com o médico por volta das dezoito e trinta, no momento ele estava indo para a casa da presidente do PT, Rita Braz, com quem iria ter uma reunião. 


Bastante sorridente, o médico fez questão de afirmar, e repetiu por duas vezes que não é candidato a prefeito, “nem adianta o povo ficar perguntando se eu serei candidato a prefeito, muito pelo contrário, deus mim livre. Já fui candidato uma vez, mais dessa vez não quero não”.


Ao ser questionado se sua carreira profissional poderia ser  prejudicada pelo fato do mesmo ter sido acusado de ter espancado o prefeito, mais uma vez João Fernandes sorriu e disse: “ muito pelo contrário, isso não mim prejudica em nada, até porque, em Salvador todo mudo fala desse cara, até porque compra e não paga”, disse João Fernandes.   

Fonte: Ivan Silva