O estado da Bahia será contemplado com 135 obras de saneamento na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Em cerimônia com a presença da presidente Dilma Rousseff e do ministro das Cidades, Mário Negromonte, nesta quarta-feira (21), em Brasília, o presidente da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), Abelardo de Oliveira Filho, representando o governador Jaques Wagner, assinou a contratação. Em todo o país serão 1.144 obras de abastecimento de água, esgotamento sanitário e melhorias sanitárias domiciliares, com início previsto para os próximos meses, que beneficiarão 1.116 municípios de até 50 mil habitantes.

O PAC 2 destinará aproximadamente R$ 500 milhões de recursos para o Estado e prefeituras. Das 135 obras contratadas, 55 serão executadas pela Embasa nas cidades Amélia Rodrigues, Conceição de Feira, Caetité, Andorinha, Caravelas, Conde, Iaçu, Ibirapuã, Santo Estêvão, Rio do Antônio, Riacho de Santana, Castro Alves, Santa Bárbara, São Desidério, Ubaitaba, Mairi, Maragogipe, Nazaré, Coronel João Sá, entre outras.