Implantado no rio Jacurici, na divisa dos municípios de Itiúba e Cansanção no coração do Sertão Baiano, o Açude do Jacurici cobre uma superfície de 1.974 ha  e  acumula  um  volume de 146.819.000 m³/s sendo 1/ 1.000.000m³ de reserva intangível, oferecendo um potencial hídrico para irrigar cerca de 2.000 ha.

Com potencial capaz de impulsionar o desenvolvimento da região, principalmente através da pesca e do turismo, o açude parece ter sido deixado de lado, por parte dos governos de Itiúba e Cansanção.

Graças a iniciativas de Associações e sindicatos de Pescadores, é possível se ver pequenos Projetos de Piscicultura sendo desenvolvidos mesmo que timidamente, porém no geral a situação é constrangedora, pescadores em busca de seus sustentos trabalham sem as mínimas condições de higiene e segurança, filhos de famílias ribeirinhas abandonam a escola para ajudar seus pais na pesca, o turismo a margem do açude funciona precariamente e mesmo assim está restrito a Prainha da Quinita do Lado de Cansanção e a Prainha de Taquari do lado de Itiúba, esses são apenas alguns dos inúmeros problemas existentes.

O Açude parece só ser bem visto pelos nossos governantes durante a campanha política, é nessa época que surgem muitos projetos, porém quando a política passa o velho Jacurici volta a sua triste rotina.

No início de 2009, o deputado Federal Fábio Souto, chegou a emplacar uma emenda parlamentar de mais de R$ 2 milhões de reais, que tinha como objetivo a construção de uma praia na localidade de Ponta da Banca do lado de Cansanção, o projeto incluía a construção de quiosques e toda uma infra-estrutura capaz de atrair turistas de toda a região, porém meses depois o deputado rompeu com o grupo político que lhe apoiava em Cansanção, e acabou direcionando a emenda para outro município.

A revitalização tão necessária e sonhada há anos, nunca chega, a culpa é sempre jogada no Governo Federal, quando na verdade uma ação conjunta dos dois municípios poderia torna a revitalização em realidade.

Já está na hora da população dos dois municípios abraçar essa causa, não podemos deixar o maior e mais belo patrimônio de nossa região sangrar até a morte.

Texto e Fotos: Portaldenoticias.net