Os três vereadores que estavam presos em Jacobina sob a acusação de serem os mandates da morte do vereador da cidade de Caem, João de Souza Reis, conhecido como João de Quinho, foram transferidos nesta sexta-feira (25) para o Conjunto Penal de Juazeiro.

A transferência dos presos cumpriu uma decisão da juíza Luiza Elizabeth de Sena Sales Maia, da Comarca de Mairi, responsável pelo processo que apura a morte do vereador.

Segundo o inquérito policial, João de Quinho foi assassinado em Poço Cumprido, município de Capim Grosso, em 1º de dezembro de 2010. No dia 7 de abril, ação conjunta das polícias Civil e Militar prendeu os vereadores Ronaldo Alves de Oliveira, Jonas Pereira de Souza e Lourivaldo Anjos dos Santos, todos de Caem, acusados de serem os mandantes do crime.