Os secretários estaduais de Saúde, Jorge Solla, e de Desenvolvimento Social, Carlos Brasileiro, terão encontro na próxima quinta-feira (10), às 11h. Eles discutirão sobre a situação do Hospital Regional D. Antonio Monteiro, de Senhor do Bonfim. A audiência acontecerá na Secretaria de Saúde (Sesab), no Centro Administrativo da Bahia (CAB), e contará com a presença do diretor da unidade, José Lourenço, e autoridades do município.

A audiência foi requerida por Brasileiro, que vem tentando, junto ao governo e também a entidades de saúde, uma saída para garantir melhorias na qualidade do atendimento, além da ampliação dos serviços da unidade.  Ele lembra que o Estado já autorizou a reforma e ampliação do hospital, que contempla, inclusive, implantação de UTI. O projeto já ainda em andamento e, para celebração do convênio da obra, o Município ainda terá que  comprovar a propriedade do imóvel (Pode ser desapropriado), além de apresentar a documentação exigida pela legislação, mesmo durante o andamento de análise do projeto.

Carlos Brasileiro, que além de secretário é deputado estadual licenciado, também tem tentado viabilizar que alguma instituição de saúde assuma o hospital. No dia 11 de julho, por exemplo, ele e o secretário Jorge Solla tiveram encontro com o presidente do Hospital Espanhol de Salvador, Dr. Demétrio Moreira Garcia, que culminou com a visita de técnicos e diretores a Bonfim no mesmo mês. Eles verificaram a estrutura, as necessidades, bem como as questões financeiras referentes ao complexo hospitalar.

Segundo a base de dados do Datasus, no ano de 2010 o Hospital D. Antônio Monteiro realizou 6.516 internações hospitalares, das quais 70% (4.539) de usuários residentes em Bonfim, e as demais de usuários referenciados por outros municípios da microrregião. Hoje, a unidade dispõe de 115 leitos para internação nas especialidades de Clínica Médica, Cirúrgica, Obstétrica e Pediátrica, além de ofertar aos usuários SUS atendimento de urgência/emergência.