Em prestação de contas que ocorre três vezes por ano, atendendo à Lei de Responsabilidade Fiscal, na noite desta quinta-feira, dia 3, a equipe do governo municipal apresentou o 2° relatório quadrimestral da Prefeitura de Senhor do Bonfim à Câmara de Vereadores referente aos meses de maio, junho, julho e agosto de 2011.

Como de hábito, o Governo Cuidando da Nossa Gente valoriza a lei e trata de comparecer ao Poder Legislativo não apenas para cumprir a apresentação de um mero relatório fiscal. Tendo à frente o prefeito Paulo Machado, seus secretários ofereceram aos vereadores e ao público presente um panorama individualizado das atividades de cada pasta durante o quadrimestre. Detalharam em valores e quantidades os feitos mais destacáveis colocaram-se à disposição dos parlamentares e foram de fato abordados. Esclareceram, dialogaram, foram aplaudidos pelo público e levaram a que o governo fosse elogiado por vereadores.

Cortes de gastos e crise econômicas exógenas fizeram diminuir a arrecadação municipal, desde 2009, mas o Prefeito Paulo Machado vem agindo preventiva e incansavelmente e, com isso, o município está entre os poucos que têm conseguido avanços administrativos, incorporação de obras, aumento de parcerias, programas, projetos e melhoria na qualidade do serviço público de Senhor do Bonfim.

Chamou a atenção não só a quantidade de obras. Algumas já estão licitadas, outras em início de construção, em fase de finalização ou prestes a serem inauguradas. Elas estão presentes em todos os pontos do município, seja na sede ou nos confins do território municipal. Mais de 30 estão inauguradas e fora desta lista, aproximadamente 15 estão na linha de breve inauguração. A relação abaixo é incompleta, concentrada e aleatória. Aqui entra apenas como uma mostra:

  • A reforma, ampliação e surgimento da Escola Municipal Nívea Seixas com educação de tempo integral é um dos orgulhos da Secretaria de Educação, inauguradas no período. Existem poucas deste alto nível na Bahia e o município investiu mais de R$ 1,2 milhão.
  • Construção de 150 unidades habitacionais no Loteamento Monte Alegre – União Por Moradia no valor de R$ 5.105.008,41 
  • A construção da Praça da Feira no Bairro Bonfim II (R$ 128.783,67) foi do 2º quadrimestre.
  • A construção de uma Praça de Convivência no Distrito de Igara está com 50% da obra em andamento, é “a primeira nesse estilo no estado da Bahia”. 
  • Revitalização e reurbanização da Entrada de Tijuaçu, R$ 97.718,81.
    • Revitalização e reurbanização da Entrada de Passagem Velha, R$ 83.216,33.
    • Pavimentações no Bairro Pêra, R$ 206.220,00
    • Construção de Galpões para comercialização de carnes, aves e peixes, 1ª etapa, R$ 1.047.027,25
    • Construção de 104 Unidades Habitacionais: em Quicé (21), Laje (15), Carrapichel (27) sendo 18 no povoado de Socotozinho, 02 no povoado de Itapicuru e 01 no povoado de Lagoa Grande Igara (31) e Sede (10). (R$ 872.315,90).
    • Construção de um Posto de Saúde no Loteamento Monte Alegre R$ 116.960,93.
    • Construção de Escolas no distrito e Passagem Velha e Tijuaçu:
    • R$ 1.685.835,18.
    • Construção de Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CreasR$ 2.02.100,00.
    • Construção de uma Escola-Creche no Povoado de Missão do Sahy – R$ 1.328.127,54.
    • Construção de uma Quadra Poliesportiva Coberta em Missão do Sahy e Quicé R$ 489.057,73.
    • Construção de uma Quadra Poliesportiva Coberta em Quicé,  R$ 489.057,73.
    • Construção de 323 unidades habitacionais dentro do Projeto Minha Casa Minha Vida, no Loteamento Monte Alegre, R$ 10.992.957,04
    • Pavimentação da Rua Jardim Aeroporto e Ruas Otacílio Neves, Rua da Bananeira e Rua Raimundo Gomes Soares, no Bairro da Pêra:  R$ 535.978,26.
    • Pavimentação das Ruas Miguel Pinheiro (complementação), Rua Luciana Guimarães e Renato Guimarães na sede do município R$ 153.072,92.
    • Pavimentação de Assentamento de Meio Fio à paralelos em diversas rua na Sede e Interior do Município R$ 521.000,00.
    • Melhoramento de Estradas Vicinais, 167 km, R$ 835.000,00
    • Pavimentação nos bairros: Alto da Maravilha, Alto do Cigano e Novo Horizonte: R$ 3.83 milhões.
    • Há projetos selecionado PAC II – cujos recursos chegam a R$ 4.8 milhões