Poetas, cantadores, tocadores, compositores e contadores de “causos”. Todos esses ícones nordestinos e suas expressões artísticas serão homenageados no projeto aprovado no Edital de Circulação da Fundação Cultural do Estado da Bahia, unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA), Salve, Salve o Nordeste. A série de shows, de autoria do grupo Neto Lobo e a Cacimba, acontecerá no sertão produtivo e semi-árido – Juazeiro (01/10), Jaguarari (22/10), Uauá (29/10), Senhor do Bonfim (05/11) e Cipó (12/11) -, com a participação do poeta e ator Zé da Mala (Gabriel Bandarra). “O Projeto Salve, Salve o Nordeste é uma singela e sincera homenagem aos grandes mestres nordestinos. Eles enriquecem, perpetuam e divulgam a nossa cultura interiorana”, resume Neto Lobo. Nesses shows, Neto Lobo vem acompanhado por Duda Brandão (guitarra e disco voador), Sidnei Rasta (bateria), Jonatas Fernandes (contrabaixo e vocal) e Tiago Coelho (percussão).

Neto Lobo e a Cacimba iniciou o projeto em Ribeira do Pombal quando a banda se apresentou em um trio elétrico. Segundo o vocalista Neto Lobo, o trio foi usado devido à sua importância histórica para a música baiana, independente de estilos. A recepção do público foi calorosa e a banda teve um retorno positivo, inclusive de fãs que já aguardam o próximo show.

Arrebenta, cabeça de açoite!* Leva sabedoria e esquece essa agonia!
*cabeça de açoite: Pensamento ligeiro, atitude.