Em Jequié José Carlos tentou aplicar mesmo golpe de Jacobina

José Carlos Conceição, 29 anos, tentou forçar um suicido nesta quarta-feira (26), mas se deu mal. Ele é o mesmo homem que na semana passada também tentou se suicidar, em Jacobina, cidade localizada em outra região da Bahia.

Tanto em Jacobina quanto em Jequié José Carlos subiu em uma torre da Oi e ameaçou se jogar, alegando estar passando por dificuldades. Contudo, o seu “meio de vida” disfarçado pode ter chegado ao fim.

Nesta quarta-feira, em Jequié, após permanecer por cerca de três horas no alto de uma torre de telefonia, localizada entre as ruas Lélis Piedade e Abílio Procópio Ferreira, José Carlos Conceição decidiu descer e suspender o seu intento por volta das 13h, recebendo os aplausos das pessoas que acompanhavam a sua ameaça.

Ele mesmo revelou que já teria cometido anteriormente atos semelhantes, pela última vez na cidade de Jacobina. José Carlos tinha em seu poder uma faca do tipo “peixeira” e uma corda. Várias pessoas acorreram ao local, por curiosidade ou na esperança de que o suicida não cumprisse o que estava prometendo.

Religiosos, policiais e bombeiros militares conversaram com ele durante todo o tempo. A delegada Ana Beatriz também permaneceu no local para registrar a ocorrência.

José Carlos justificou o seu ato dizendo ser vítima de preconceito, maus tratos e que estava em dificuldade financeira. Ele disse ter vindo de Salvador de ônibus e o seu desejo era seguir viagem até o Rio de Janeiro. “Não encontrei apoio para comprar as passagens, aí decidi cometer o suicídio. Quando descer na rodoviária Grande Rio, estarei melhor”, disse.

Um representante do Creas, da Secretaria de Desenvolvimento Social, também esteve oferecendo assistência. O rapaz disse ser praticante de capoeira e fotógrafo amador e que estava desempregado. A ele foi prometida alimentação, roupas e a passagem para seguir viagem.

“Golpista da torre”

O que parecia uma tentativa desesperada de suicídio, de acordo com informações policiais, publicadas na internet, na verdade não passa de uma grande farsa que já vem sendo aplicada em diversos estados da federação há pelo menos cinco anos.

José Carlos Conceição, hoje com 29 anos de idade, ameaça se jogar de torres de telefonia do Brasil desde os 24 anos. Manipulando a boa fé das pessoas e mobilizando praticamente todos os órgãos de segurança e a imprensa das cidades por onde passa com um teatro bem ensaiado, o golpista consegue enganar a todos.

Em Jacobina

Depois de descer da torre da “OI”, ele foi medicado no CAPS local e levado para a delegacia, onde passou o dia. No início da noite, de posse de uma passagem conseguida pelo tenente Juliano Procópio, ele embarcou para a capital do estado.

Ele volta após tentativa de mais um golpe frustrado. José Carlos usou a quantia de R$ 2 mil como prêmio para descer da torre, mas não viu a cor do dinheiro depois que foi levado para a delegacia.

Da redação, com informações do blog Repórter Tatu
interiordabahia.com.br