Há cerca de dois meses os prefeitos da micro-região fizeram um acordo para custeio do SAMU regional até a chegada dos repasses estaduais e federais. Após o documento que foi aprovado e assinado pela maioria dos prefeitos, o SAMU voltou a funcionar naquela época, confiando na palavra e muito mais no documento assinado pelos gestores. Segundo informações este mesmo documento foi aprovado pelos secretários de saúde dos municípios em reunião na DIRES. Passado todo este tempo somente senhor do Bonfim cumpriu com sua palavra e assinou o documento, disponibilizando o dinheiro. Mas os municípios de Pindobaçu, Filadélfia, campo formoso,  Jaguarari, Ponto Novo, Itiúba, Andorinha e Antônio Gonçalves ainda não assinaram. Assim a cerca de quatro meses os funcionários da regionalização estão sem receber seus dividendos, muitos passando fome e com risco até de serem presos por falta de pagamentos de pensão alimentícia. O SAMU de Senhor do Bonfim continuará funcionando normalmente, e aguardando que os outros prefeitos cumpram com sua palavra e compromisso. 

Fonte:Blog do Cleber Vieira