Por um chamado do Doutor Perancles dos Santos, a equipe de reportagem do Blog Filadélfia em Noticias, se deslocou até o Hospital São Sebastião onde na sala de atendimento, junto com a equipe de enfermagem e a mãe da gestante a senhora Davina Maria, que acompanhou todo trabalho de parto no hospital São Sebastião, fomos informados de que os fatos não ocorreram como denunciou a família. Segundo o Doutor Perancles, não houve corte na paciente pelo hospital São Sebastião e que a gestante saiu de lá normal com os batimentos cardíacos da criança verificados até pela avó.

Doutor Perancles ainda acrescentou que embora a família tenha ficado aflita com a demora da transferência, não é possível fazer isso de imediato, pois o parto ocorria tudo normal e sem risco. No entanto, só depois de ter verificado que precisava realizar uma cesariana de emergência foi transferida para Senhor do Bonfim, e de Senhor do Bonfim os médicos de lá a transferiram para Petrolina e talvez esta demora em está passando de hospital em hospital ocasionou a perda da criança.

Sobre a ambulância fomos informados que realmente a ambulância estava em diligência a outro paciente que tinha sido perfurado por arma branca e foi transferido para senhor do Bonfim, e que a transferência da gestante em um carro particular tinha sido por determinação da família.

Nota: Queremos corrigir um erro de interpretação quanto ao nome do médico que atendeu a gestante, o nome do médico é Perancles dos Santos e não Péricles como foi anunciado na matéria anterior.

Fonte: filadelfiaemnoticias