A presidente do PT Municipal em Senhor do Bonfim, Rita Braz, entrevistada neste Sábado no Programa Falando Tudo da Rádio Caraíba, confessou que o Prefeito Paulo Machado está mal avaliado na pesquisa de opinião pública, comparou o Prefeito a Judas, e disse que o Partido terá Candidato próprio na próxima eleição. Durante a entrevista, Rita Braz se emocionou quando perguntada se havia um sentimento de arrependimento ao apoio do atual Prefeito nas prévias em 2007 e atribuiu os conflitos e os problemas da cidade à atual gestão.

Pesquisa de opinião – A decisão que levou o Partido dos Trabalhadores de Senhor do Bonfim a apresentar a proposta de prévias, segundo a Presidente, foi o resultado de uma pesquisa supostamente encomendada pelo Governo Estadual. Para o diretório do PT municipal, a avaliação apresentou um quadro que coloca em risco o “projeto do PT”, com baixo rendimento do atual Prefeito na opinião pública, sendo assim, os dirigentes deram um prazo até Abril de 2012 para os devidos “ajustes”, caso houvesse melhoras na imagem do gestor, esse seria o candidato natural do grupo.

Fogo amigo –  Rita Braz confidenciou que a ASCOM da Prefeitura, a serviço do Prefeito, teria ajudando a “arranhar” a imagem da ex-Secretária de Assistência Social, Fátima Brasileiro, no episódio das coxinhas. Na opinião da Presidente do PT uma nota enviada à imprensa por meio da assessoria afirmava que a Secretária teria “…tentado explicar o inexplicável”, fazendo alusão às denúncias apresentadas por Vereadores da oposição, colocando sobre suspeita a idoneidade da Secretária.

Um Governo de Todos. Vamos à luta! – No tradicional discurso petista de luta em favor das minorias, Rita Braz ironizou as declarações de Paulo Machado divulgadas na Sexta-Feira através do Programa Matinal Canal Aberto quando o Prefeito afirmou que vai construir um projeto para todos os bonfinenses, com todos os partidos, independente da posição politica e ideologia, essas afirmações, para a presidente do PT, significa apenas a retórica de um discurso preparado que não tem consistência e não se sustentará por muito tempo.

Irrevogável – A presidente do Diretório Municipal do PT entregou aos repórteres do Programa “Falando Tudo” cópias dos ofícios e cartas do Partido e do Prefeito Paulo Machado. O que chamou a atenção foi à irrevogabilidade do pedido de desfiliação solicitado pelo prefeito, um fato consumado que expressa na carta enviada ao PT a sua indisposição a qualquer tipo de conversa ou negociação com o Partido. Rita disse que o Prefeito não se identificava com o Partido dos Trabalhadores, pois carregava estigmas, e chorou quando perguntada se havia um sentimento de arrependimento por ter lutado pala indicação de Machado como candidato do grupo em 2007.

Carlos Brasileiro, Candidato? – Talvez. Essa foi resposta da Presidente, contudo, diante da atual conjuntura, abre-se um leque de possibilidades e ressurgem nomes tradicionais no Partido. Rita Braz citou entre os possíveis nomes para Prefeito(a): Fátima Brasileiro, Gorete Braz(sua irmã),George Dionísio(seu marido) e Hermógenes Almeida(seu pupilo); não descartando o nome de Carlos Brasileiro, Rita sabe da dificuldade que encontrará para a recompor a base e trabalhar fora do poder.

A trama e a queda – O suposto episódio vexatório da tentativa frustrada de desarticulação da filiação do Prefeito Machado no Partido Progressista(PP) divulgado pelos meios de comunicação local ganhou um tom complacente e ameno na explicação de Rita Braz, na sua analise houve um equivoco e uma distorção da informação, afirmou que  nunca oferecerá cargos em troca de vantagens, e narrou que em um encontro casual com a vice-presidente do PP a mesma se mostrou surpresa com as informações divulgadas.  

Duas caras, duas palavras – Paulo Machado, na carta aberta enviada à imprensa regional afirma que havia um complô interno para destituir a sua candidatura e destruir a sua imagem, foi além, afirmou que Gorete seria a condutora do processo de instabilidade interna, porém, para a Presidente do PT, Machado não tem palavra para sustentar as suas decisões, e essa insegurança foi o principal desencadeador dos conflitos internos, assim como, é o principal fator da má gestão do atual prefeito.

Caros Amigos – Rita finalizou a entrevista desmitificando a saída de Jairo Sá(ex-vereador) do PT, disse que o mesmo continua no Partido, e sinalizou para o PCdoB de Senhor do Bonfim, partido tradicionalmente aliado do PT que conta atualmente com a presença de Zé Antônio(ex-vereador), o mesmo que perdeu as prévias para Paulo Machado, que enfrentou a condução de Rita e Gorete Braz no processo,  e que cruzou os braços na campanha municipal de 2008 para o PT de Senhor do Bonfim.