Afastada a ameaça que pairava sobre sua cabeça de não ser candidato a prefeito em 2012, com sua filiação no PP (Partido Progressista – 11), o Prefeito Paulo Machado iniciará a partir de segunda-feira, dia 10 de outubro,  negociações em vista à otimização do seu governo e ao fortalecimento do seu nome como opção eleitoral no próximo ano.
 
Convite formal e   especial será enviado ao Partido dos Trabalhadores, para que seja um partido aliado contribuindo à  continuidade do projeto que o prefeito vem ajudando a consolidar desde o ano de 2000: “não quero que nesta hora os meus companheiros de longa caminhada me abandonem, precisamos caminhar juntos, re-arrumando a casa e marchando mais fortes e unidos, sem as incertezas que nos preocupavam”, assevera o prefeito. “Posso, agora no PP, dormir tranqüilo, porque poderei lutar por mais quatro anos em favor de meu povo, dos mais pobres, dos idosos, dos excluídos. Quero dotar o meu município de infra-estrutura básica que ele não possui quanto a saneamento, estradas vicinais, aumento de cobertura à população com mais PSFs, e continuidade da revolução do padrão mínimo de qualidade que vimos dando às nossas escolas.  Meu primeiro mandato, em meio a crises financeiras oriundas de causas externas, foi padrasto e não me ajudou a fazer tudo o que sonhei”, afirma Paulo Machado. 

Conclui Paulo Machado: “Espero que a Direção Municipal do PT aceite o nosso convite, e continue conosco na administração municipal, só que agora dentro de um colegiado ou conselho de gestão que estamos criando, do qual farão parte os vereadores da base e os presidentes de partidos que marcharem conosco, espaço que será gerido pelo Executivo Municipal. O PT sabe que caminhar agora de forma isolada e dividida será uma atitude suicida. Vamos deixar ressentimentos e vaidades de lado e pensar no projeto e na nossa terra. Continuaremos caminhando com Wagner e com Dilma, teremos mais perto de nós o Ministério das Cidades, as Secretarias de Estado de Agricultura e Integração Regional (SEDIR) que são administradas pelo PP  e é importantíssimo que continuemos com Carlos Brasileiro na SEDES, ajudando Bonfim e região a diminuir a exclusão social existente”.

O prefeito parece mais uma vez perdido em suas ações atrapalhadas.