Foto:Divulgação.

Portando faixas e cartazes, amigos e familiares dos vereadores Jonas Pereira, Ronaldo Alves e Lourivaldo Anjos, custodiados há quase seis meses, acusados de serem os mandantes do assassinato do Ex-Vereador João de Quinho, ocorrido em Dezembro de 2010.Ocuparam as dependências da câmara de vereadores na tarde desta segunda-feira(26), solicitaram espaço na sessão para ocuparem a tribuna e falar em nome do movimento e dos vereadores presos. Ronivaldo Alves irmão do vereador Ronaldo Alves, falou emocionado do sofrimento das famílias e dos acusados, da morosidade da justiça que mesmo com as novas provas, e evidências e a prisão e confissão dos verdadeiros mandantes e executores do crime, vem negando os pedidos de liberdade dos vereadores. Os oradores fizeram questão de lembrar a trajetória politica dos vereadores, idoneidade e do trabalho de cada um nas localidades que representam e ressaltou que os mesmos não representam perigo a sociedade e que tem trabalho, residência fixa, e que teriam direito a aguardar em liberdade, até que a justiça começasse a ouvir as testemunhas, acusados e envolvidos.