Prefeitura de Jaguarari decreta Ponto Facultativo nos órgãos públicos municipais nesta quinta-feira (18)

A prefeitura de Jaguarari através da publicação de Decreto Nº 0133/2019 decretou ponto facultativo nas repartições publicas municipais da administração direta no dia 18/04 (quinta-feira Santa), retornando às suas atividades normais na próxima segunda-feira 22 de abril.
A administração municipal informa que os serviços considerados de interesse público, prestados pelo município à população, deverão ser realizados normalmente como: atendimento em hospitais, serviços de obra, coleta de lixo, limpeza urbana e congênere.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Veja o resumo da Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim desta terça-feira

Sede da Câmara Municipal de Vereadores de Senhor do Bonfim

Nessa terça-feira, 16 de abril, foi realizada a 12ª sessão ordinária, no ano de 2019, da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim. Conduzida pelo Presidente da Casa, vereador, Cleiton Vieira, a sessão teve início às 19h00min, após a chamada dos vereadores, onde havendo número legal é declarada aberta a sessão. Onde atendendo o Regimento Interno, em seu artigo 141, foi encaminhada a Ata da sessão anterior aos e-mails de todos os Vereadores, foi coloca a mesma em discussão e ninguém querendo discutir é colocada em votação, sendo aprovada.

Passa-se à leitura do expediente, que com a sobra de tempo, o presidente passa para ordem dos vereadores inscritos e franqueia a palavra ao primeiro vereador inscrito, Andreilto Almeida, o vereador iniciou sua falando sobre a sua alegria em poder, acompanhar o prefeito de Senhor do Bonfim, Carlos Brasileiro, a convite do Sr. Valmir, liderança da comunidade, que conseguiu, junto aos deputados Daniel Almeida e Bobô, uma emenda para pavimentação de ruas daquela comunidade. “O recurso já está liberado para a prefeitura, que está fazendo as medições e projetos, para que possa fazer a licitação e dentro em breve vamos estar inaugurando aquela pavimentação”, disse o vereador. Outro assunto que o vereador tratou, foi a sua participação no processo de licitação, da aquisição de produtos que seriam usados para merenda escolar em Senhor do Bonfim. “Estive na sexta-feira, a partir da fala do vereador Laércio Junior, participando do processo licitatório, para procurar entender o que estava ocorrendo quanto ao processo 001/2019, para aquisição de gêneros alimentícios para merenda escolar, oriundos da agricultura familiar, conversei com a nutricionista que cuida desse processo de escolha dos produtos, e naquele momento vimos que o governo de fato precisa ter um pouco mais de atenção, pois ali tinha um erro material, não só na questão do bolo, que foi denunciado aqui, mas também na questão do beiju, do feijão, e do abacate que foi questionado pelos licitantes, e que foi retirado da licitação”, disse o vereador.

Dando continuidade franqueia a palavra ao segundo vereador escrito, Reinaldo Ferreira Santana, iniciou sua fala saudando os presentes e em seguida falou sobre algumas ações de seu mandato. “Estivemos na ultima semana, com uma equipe da CODEVASF, visitando várias comunidades, e ficou definido, após a avaliação dos técnicos, nas áreas que colocamos no projeto, que será distribuído mudas de plantas frutíferas para a agricultura familiar, também estivemos distribuído, cerca de 25 mil alevinos, para povoar as aguadas de Senhor do Bonfim. Temos agendado para os próximos dias na comunidade de Salinas, onde vamos estar juntos com diversas comunidades, para assinatura da ordem de serviço, para beneficiar a produção de aves, dos nossos agricultores, com o valor de R$ 353 mil reais, também queria comunicar que estamos com mais um projeto na área de apicultura aprovado, e os equipamentos já se encontram aqui, no valor de R$ 92 mil reais, onde 33 apicultores vão receber o kit para produção de mel”, disse.

Em seguida o presidente franqueou a palavra ao terceiro inscrito, vereador Laércio Muniz Junior. Que após saudar os presentes, respondeu o vereador Hermógenes Almeida. “Na ultima terça-feira, o vereador esteve aqui destilando o seu ódio a sua raiva, e começou a falar de todo mundo novamente e me chamou para fazer uma aposta com relação a candidatura a prefeito ‘você é candidato a prefeito, bora R$ 10 mil, que Brasileiro ganha a eleição’, quero dizer que não aceito um cheque seu, pois não confio em vossa excelência, eu sei qual é o jogo dele e eu quero dizer ao vereador que o momento de discutir eleição é ano que vem, nós temos nomes bons na cidade, onde eu tenho certeza que a oposição vai ter um único nome e esse nome que for escolhido será o novo prefeito de Senhor do Bonfim, pra dar moralidade, pra para de propaganda enganosa, parar de tratar mal o servidor, parar de tratar mal as pessoas”, disse. E continuou, “quero fizer ao senhor que esqueça o nome do prefeito Candido Augusto, deixe ele descansar em paz, ela já fez muito por nossa cidade, os familiares dele me ligaram fale com Hermógenes, peça que ele deixe o nome de Candido em paz, o senhor falou da Barroca do Faleiro, que tinha malandragem, como vocês podem falar de malandragem, o prefeito ontem foi na Praça da Laranjeira e foi botar apelido, me chamou de calça curta, eu olhei aqui no dicionário e vi que calça curta é o homem dominado pela mulher, a mulher é que manda, se for isso que está no dicionário pode me chamar varias vezes, e vou dizer mais, eu respeito vossa excelência como autoridade do município, e não vou dizer o apelido que o chamavam na época do Bahia Jovem, não vou falar , pois posso comprometer muito o senhor”. O vereador também falou sobre a entrevista da Secretária de Educação, Cristiane Maia, que respondeu o discurso, feito pelo parlamentar na ultima sessão, sobre a licitação da merenda escolar, entre os itens estava 45 mil bolos que seriam comprados. “A secretária foi explicar e mais uma vez piorou a situação, ela foi falar que não eram 45 mil bolos, que foi apenas um erro e leu o edital, dizendo que eram pedaços de bolos, de 7 a 8 cm, ela disse que não era mais bolo era pedaços, ai senhores o preço, R$ 9 reais e 44 centavos, o vereador Andreilto disse aqui agora a pouco que eram pedaços, a secretária disse que eram pedaços, o pedacinho de 7 a 8 cm, estava era R$ 9 reais e 44 centavos, essa turma quanto mais quer justificar mais se complica, foi a mesma historia do fantasma que eu denunciei , quiseram se justificar e se complicaram mais ainda”. Quero dizer que entreguei a secretária quatro ofícios, pedindo a ela a relação do transporte escolar, o itinerário, a quilometragem, o motorista, a habilitação e a copia do contrato, quatro ofícios eu já mandei pra ela, os dois últimos mandei para o procurador federal, em Campo Formoso, falei ontem com Dr. Rui, e ele me informou que mandou a recomendação para que ela me passe as informações, na próxima semana vou no tribunal de contas, falar com o presidente para ver se ela vai me entregar ou não e pra finalizar gostaria de dizer que ela esteve participando do ato a favor do seu ex-presidente, mas não teve no ato a favor de sua classe, os professores, que lutavam pelo 13º integral, pelo reajuste dos servidores, mas teve a hipocrisia de lutar pelo ex-presidente que está preso”, disse o vereador.

O quarto inscrito, vereador Carlos Alberto Dias dos Santos, após saudar os presentes, também iniciou falando sobre a questão da licitação da merenda escolar. “Senhor presidente, esse debate do bolo, do beiju, tá parecendo, a Zorra Total, tá parecendo a Praça é Nossa, isso aqui não é um circo, isso aqui não é lugar de brincar, é lugar legislar, de ser sincero, a oposição nessa casa, joga na mídia números pra que a cidade faça chacota de um governo sério, de um governo honesto, hoje a secretária disse e nós temos documentos que comprovam, a lei Nº 11.947/ 2009 que obriga a administração a comprar 30% da agricultura familiar e a oposição sabe disso, e o mais interessante senhores, nós temos só uma, duas ou três escolas, nos temos 61 escolas nesse município, e quantos alunos temos no senso escolar, temos 9.400 alunos na rede municipal de Senhor do Bonfim, que estardalhaço em se falar em 30 mil beijus, em 40 mil bolos, se um aluno comer em media 1 beiju por dia, acaba em 4 dias, 45 mil bolos, dividido por todos os alunos, gente pelo amor de Deus, me faça uma garapa, com certas brincadeiras que vemos nessa casa”, disse o vereador.

O vereador Hermógenes Almeida, quinto inscrito, iniciou sua fala esclarecendo algumas situações, que o vereador Laércio Junior colocou. “Gostaria de dizer que não vou destilar ódio, vou destilar verdades, nessa casa legislativa temos que falar a verdade, porque muitas vezes, a questão politica e eu tenho tratado ela aqui com bastante carinho, o que interessa ao povo de Senhor do Bonfim, porque essas questões pequenas não interessa, mas já que entrou vamos falar delas, Hermógenes Almeida, tem um patrimônio escancarado pra toda Bonfim, meu patrimônio são minhas duas filhas, uma que cursa medicina e outra direito, nunca trabalhei em nenhuma questão desonesta é por isso que não tem dinheiro, agora é verdade e é salutar dizer, eu não gosto de injustiça, eu brigo pela justiça, e já que vossa excelência entrou na questão pessoal, que eu venho presando a questão pessoal de vossa excelência, e pode escancarar a minha que eu venho responder ponto a ponto, se acha que eu tenho medo, tá enganado, porque se eu pegar embaixo com vossa excelência, o currículo é grande é desde o Pinguim, se quer pegar pesado, pegaremos, então é bom maneirar, porque minha vida pode jogar pra todos, mas eu também pipoco, pode ter certeza, porque o currículo nessa casa é muito grande, o que vossa excelência deveria mostrar é o que o tem pra Senhor do Bonfim, ontem mesmo estive ligando pra Secretaria de Desenvolvimento do estado, o prefeito Carlos Brasileiro, esteve lá pra abrir uma indústria de calçados na antiga EBAL, eu quero saber o que vai apresentar pra nossa terra, se é essa mesmice pequena, porque primeiro nosso governo não faz coisa errada, não tem licitação superfaturada, não tem os conchavos que eu sei que tinha, é bom vossa excelência vim que eu vou escancarar eles aqui, na hora vou dizer quem levava aqui a fatia do bolo, e o bolo não era pequeno não, era grande, a fatia era grande, porque eu não tenho fatia de bolo não, tenho meus erros e vossa excelência pode jogar aqui, aonde eu deixei de pagar, onde paguei, todo cidadão eu sei que deve, devo dentro dos meu limites, pra pagar, pra cumprir nossas obrigações, só não gosto é de injustiça, e espero vossa excelência vim, tranquilamente, e não estou destilando ódio não, tenho a minha tranquilidade, isso é certeza, e gostaria de dizer também que o direcionamento desse governo é trazer trabalho, o governo municipal e o deputado Bobô tá trazendo uma retroescavadeira, eu quero é isso, eu quero é proposta pra Senhor do Bonfim, eu não quero essa coisa pequenininha, de bolo, de fatia, porque ele falou aqui como se a licitação fosse superfaturada, nunca fez licitação superfaturada o prefeito Carlos Brasileiro, agora foram itens catalogadas errados foram, sejamos justos erros acontecem” disse o vereador.

Alexandre Ferreira, foi o sexto vereador inscrito, e falou sobre a situação de Igara. “Igara vereador Mimo, esperava mais de vossa excelência, que faz parte do governo, desde o inicio da gestão, a nossa Praça de Convivência, que poucos lugares tem uma daquelas, está acabada, a lagoa do fedor, que o prefeito só promete e não cumpre, a rua do Bolo está totalmente acabada. Vereador Hermógenes o senhor em todas as sessões diz que esse governo tem mais de 50 obras, Igara tem 20% da população bonfinense, no mínimo, teriam que ir 12 obras pra Igara, mas não é o que vemos”, disse o vereador.

Após o termino dos oradores inscritos, no expediente, o presidente Cleiton Vieira, passou a ordem das bancadas, sendo a primeira a ser chamada a Bancada dos partidos PRTB – PSD, dos vereadores João Carlos de Castro, Reinaldo Ferreira Santana e Jorge Souza e Silva Filho, usaram a palavra os vereadores João Carlos de Castro, que respondeu o vereador Alexandre Ferreira, “É fácil vim aqui e criticar, queria dizer a vossa excelência que eu nunca fugi de responsabilidade com aquele Distrito e você fugiu, eu falo a vossa excelência, que a Praça da Convivência, já encontramos daquele jeito e o senhor sabe, trato uma briga constante para reforma daquela praça, hoje mesmo estava lá a equipe do governo, a Lagoa do Fedor, o senhor esta mal informado, o senhor não fica na igara, eu fico ali quase 24 horas por dia, minhas idas a prefeitura é pra buscar soluções para aquele Distrito, a obra da lagoa do fedor deve iniciar na próxima segunda-feira, o senhor está mal informado”, disse. Outro vereador que usou o tempo, de bancada foi o vereador Jorge Souza e Silva Filho, que falou sobre a sua alegria que percebeu que, após sua provocação, junto com o vereador Elizeu Conceição, a gasolina começou a baixar em Senhor do Bonfim, mas frisou que é preciso falar todas as sessões, para que possa baixar ainda mais, “temos que provocar o Ministério Público, sobre a gasolina e sobre o gás de cozinha, pois sei que a justiça tarde mais não falha e o MP vai tomar as medidas necessárias sobre esses assuntos”, disse.

A segunda bancada a falar foi a dos partidos PT – PROS, dos vereadores Hermógenes Almeida, Elizeu Conceição, Edson Ribeiro e Reinaldo José, usaram a palavra os vereadores Elizeu Conceição que falou sobre o valor dos combustíveis e do gás de cozinha em Senhor do Bonfim. “Mais um vez venho falar sobre a gasolina e o gás de cozinha, sou bater nessa tecla até se resolver esse problema, primeiro a gasolina, que abaixou cerca de R$ 5 centavos, mas por um período muito curto, pois logo ela vai aumentar, tenho certeza que se batermos nessa tribuna senhor presidente a gasolina e o gás de cozinha vai abaixar, ” disse. Em seguida o vereador Edson Ribeiro, respondeu o vereador Hermógenes, dizendo que ele não é vereador apenas do Distrito de Quicé e sim de toda Senhor do Bonfim, em seguida criticou a Secretaria de saúde que segundo o vereador deixou faltar água na unidade de saúde de Carrapichel, e assim alguns equipamentos deixou de funcionar, em seguida o parlamentar criticou o secretário de finanças Benito Brasileiro, que segundo o vereador tenta conduzir os trabalhos da casa, e fez críticas ao atendimento, deficitário, da UPA.

A terceira bancada, formada pelos partidos PCdoB – PSB – PRB dos vereadores, Andreilto Almeida, Alexandre Ferreira, Carlos Alberto Dias dos Santos e Lucia Cerqueira. A primeira fala foi da vereadora Lucia Cerqueira, que falou sobre a denuncia do vereador Alexandre Ferreira, sobre o combate ao mosquito da muriçoca, onde segundo a vereadora, o governo municipal vem fazendo seu trabalho e felicitou o governo municipal, por iniciar as obra da Unidade de Saúde que vaia tender aos moradores do bairro São Jorge e também a continuidade da pavimentação de rua no loteamento Emanuela, a vereadora parabenizou também os vereadores Cleiton Vieira e Jorge Souza e Silva, pelas obras de iluminação de Passagem Velha, e ao deputado Adolfo Menezes que contribuiu para realização da obra. O segundo da bancada a utilizar a tribuna foi o vereador Alexandre Ferreira, que falou sobre o uso do carro fumasse, que segundo o vereador poderia utilizar o carro para combater as muriçocas. O terceiro vereador da bancada a utilizar a palavra foi o vereador, Carlos Alberto Dias dos Santos, que criticou o inquérito aberto pelo Ministério Público que abriu sobre a Noite Gospel.

A quarta bancada dos partidos DEM – PMN – PPS, formado pelos vereadores Gerivaldo Sampaio, Otávio Xisto e Laércio Junior. O Primeiro a usar a palavra foi o vereador Otávio Xisto, que falou sobre sua viagem a Salvador onde conseguiu a provação do projeto de extensão de rede de água que vai beneficiar o Povoado de Baraúna, em uma parte que ainda não tem água. Outra conquista foi uma extensão de rede de energia, no Distrito de Igara, que está aprovada, aguardando apenas o inicio das obras, pela Coelba. O vereador também falou sobre o projeto da Praça do bairro da Pêra, que se encontra na Sudene, e logo deverá estar sendo liberado o inicio das obras. O vereador tratou também sobre as festividades da Igreja Católica, nessa semana Santa. O segundo vereador a usar a tribuna, foi o vereador Laércio Junior, que falou sobre a licitação sobre a merenda escolar, em seguida o vereador falou sobre o inicio das obras da UBS, onde segundo vereador, a obra não tem recurso da prefeitura, mas é comemorada a 7 meses pelos vereadores da base, o vereador também falou sobre a denuncia do vereador Deto sobre o aluguel de veículos feitos por parlamentares ao governo municipal e se solidarizou com o vereador Carlos Alberto Dias dos Santos, sobre a Noite Gospel e sugeriu que os 15 vereadores fossem no Ministério Público, para tratar sobre o tema, e entender o motivo da investigação feita pelo promotor. O terceiro inscrito foi vereador, Gerivaldo Sampaio, que saudou os presentes e em seguida falou sobre os discursos dos vereadores que parabenizam os executivos, mas nunca citam o nome dos deputados que são os que mandam as emendas para que as obras sejam realizadas. O vereador também criticou a saúde de Senhor do Bonfim, que segundo o vereador é uma vergonha, onde não tem atendimento básicos no Hospital.

Veja a Sessão Completa:

ASCOM – Câmara Municipal de Senhor do Bonfim

Prefeitura de Jaguarari repudia ato de vandalismo contra trator agrícola do município

A Prefeitura de Jaguarari vem por meio de nota oficial repudiar mais uma ação covarde promovida por seus opositores que ainda relutam em aceitar a derrota nas urnas e a vontade do povo, e continuam buscando desesperadamente através de atos covardes sabotar a condução da gestão municipal. Em mais ação criminosa, adversários políticos, e por que não dizer inimigos de Jaguarari, tentaram danificar o motor de um trator agrícola, patrimônio do município.
O trator e seus implementos estavam guardados no setor de limpeza do povoado de Jacunã, de onde sairia para dar início ao processo de aração de terras para os pequenos agricultores da localidade e adjacências. Porem nesta segunda-feira (15) ao chegar ao local onde o equipamento estava guardado, o motorista percebeu que vareta de medição do nível óleo estava suspensa e ao redor uma pequena quantidade de areia Ao verificar percebeu que existia areia misturada ao óleo que lubrifica o motor. Caso o operador não fosse atento e tivesse ligado o trator, o motor seria danificado, gerando um prejuízo aos cofres públicos de aproximadamente R$ 65.000,00 (sessenta e cinco mil reais) alem de deixar o equipamento um bom tempo fora de operação.
De forma imediata o servidor comunicou a Secretária de Agricultura, Luciana Souza que registrou boletim de ocorrência junto a Policia Civil do município. O equipamento encontra-se parado e aguardando pela perícia. Esse ato criminoso comprometeu o cronograma de ações do programa de aração de terras dos pequenos agricultores que estavam aguardando esta ação da administração pública para preparar o solo aguardando pelas chuvas que virão para trazer a alegria do sertanejo.
Salientamos que vandalismo é crime e na sua ocorrência em depredações ao patrimônio público ou privado, os danos causados serão punidos pelo crime de dano tipificado no artigo 163 do Código Penal, parágrafo único e incisos. Art. 163 – Destruir, inutilizar ou deteriorar coisa alheia: Pena – detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.
A prefeitura de Jaguarari cobra que este ato seja investigado a fundo e que os seus autores sejam identificados e responsabilizados pelos seus atos. E que ações como essa, que demonstram o inconformismo e egoísmo sejam banidas de uma vez por todas do nosso município e que juntos possamos transformar a nossa querida Jaguarari em Uma Cidade Para Todos.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Prefeitura de Jaguarari alerta pais de alunos da rede municipal sobre a síndrome Mão-Pé-Boca

A Prefeitura Municipal de Jaguarari, através da Secretaria de Saúde, pede aos pais de alunos da rede municipal de ensino que estejam atentos aos sinais da síndrome Mão-Pé-Boca em seus filhos. De origem viral, a doença é mais comum em crianças, principalmente em menores de 5 anos, mas acomete também adultos e ocorre, geralmente, no verão.

A equipe de profissionais da saúde já entrou em contato com as unidades escolares e instruiu professoras, cuidadoras e a coordenação sobre os sintomas da síndrome e as precauções a serem tomadas. Como sua transmissão acontece pelo contato direto com outras crianças contaminadas com o vírus, o ambiente escolar torna-se propício para a proliferação da síndrome. Os pais que notarem os sintomas devem levar seus filhos até a unidade de saúde mais próxima de sua residência.

Saiba mais sobre a síndrome Mão-Pé-Boca:

São sinais característicos da doença:

 

– Febre alta nos dias que antecedem o surgimento das lesões;

– Aparecimento, na boca, amídalas e faringe, de manchas vermelhas com vesículas branco-acinzentadas no centro que podem evoluir para ulcerações muito dolorosas;

– Erupção de pequenas bolhas em geral nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, mas que pode ocorrer também nas nádegas e na região genital;

– Mal-estar, falta de apetite, vômitos e diarréia;

– Por causa da dor, surgem dificuldade para engolir e muita salivação.

A transmissão se dá pela via fecal/oral, através do contato direto entre as pessoas ou com as fezes, saliva e outras secreções, ou então através de alimentos e de objetos contaminados. Mesmo depois de recuperada, a pessoa pode transmitir o vírus pelas fezes durante aproximadamente quatro semanas. O período de incubação oscila entre um e sete dias. Na maioria dos casos, os sintomas são leves e podem ser confundidos com os do resfriado comum.

Tratamento:

 

Ainda não existe vacina contra a doença mão-pé-boca. Em geral, como ocorre com outras infecções por vírus, ela regride espontaneamente depois de alguns dias. Por isso, na maior parte dos casos, tratam-se apenas os sintomas. Medicamentos antivirais ficam reservados para os casos mais graves. O ideal é que o paciente permaneça em repouso, tome bastante líquido e alimente-se bem, apesar da dor de garganta.

Recomendações:

 

– Nem sempre a infecção pelo vírus Coxsackie provoca todos os sintomas clássicos da síndrome. Há casos em que surgem lesões parecidas com aftas na boca ou as erupções cutâneas; em outros, a febre e a dor de garganta são os sintomas predominantes;

– Alimentos pastosos, como purês e mingaus, assim como gelatina e sorvete, são mais fáceis de engolir;

– Bebidas geladas, como sucos naturais, chás e água são indispensáveis para manter a boa hidratação do organismo, uma vez que podem ser ingeridos em pequenos goles;

– Lembre-se sempre de lavar as mãos antes e depois de lidar com a criança doente, ou levá-la ao banheiro. Se ela puder fazer isso sozinha, insista para que adquira e mantenha esse hábito de higiene mesmo depois de curada;

– Evitar, na medida do possível, o contato muito próximo com o paciente (como abraçar e beijar);

– Cobrir a boca e o nariz ao espirrar ou tossir;

– Manter um nível adequado de higienização da casa, das creches e das escolas;

– Não compartilhar mamadeiras, talheres ou copos;

– Afastar as pessoas doentes da escola ou do trabalho até o desaparecimento dos sintomas (geralmente 5 a 7 dias após início dos sintomas);

– Lavar superfícies, objetos e brinquedos que possam entrar em contato com secreções e fezes dos indivíduos doentes com água e sabão e, após, desinfetar com solução de água sanitária diluída em água pura (1 colher de sopa de água sanitária diluída em 4 copos de água limpa);

– Descartar adequadamente as fraldas e os lenços de limpeza em latas de lixo fechadas.

 

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

Microfone provoca descarga elétrica e leva jovem à morte em Campo Formoso

2-10
A jovem Mônica Costa Sales, 22 anos, morreu ao receber uma descarga elétrica depois de usar um microfone numa igreja evangélica na tarde deste domingo (14), no povoado de Casa Nova dos Marinhos, região de Lage dos Negros, em Campo Formoso (BA).
Amigos de Mônica disseram acreditar que o choque elétrico com o microfone esteja relacionado ao uso de aparelho ortodôntico (dentes).
Mônica foi levada ao hospital São Francisco em Campo Formoso (BA), mas chegou sem vida.
Em nota, o Centro de educação integrado Manancial (CEIMAQB) lamentou a morte da estudante. Segundo a instituição, a jovem se formou em Pedagogia e iniciou há dois meses o curso de pós-graduação em Psicopedagogia Clínica Institucional.
.
Por: Leandro Daniel/NotíciasiMais

Ações do 6°BPM

ABORDAGEM PREVENTIVA RESULTA EM APREENSÃO DE DUAS ARMAS DE FOGO
Por volta de 16h, desta segunda-feira, 15, a Guarnição da ROCAM, ao realizar Rondas Ostensivas no Bairro Vila Nova, avistou dois indivíduos pilotando uma moto, quando foi dada a voz para abordagem, momento esse em que os elementos tentaram fuga e foram contidos pela ROCAM. Em ato contínuo, foi realizada a busca pessoal e foram encontrados dois Revólveres em uma caixa, um contendo a numeração suprimida. Os indivíduos foram conduzidos ao Complexo Policial para tomada de medidas cabíveis.
FORAGIDO É CAPTURADO POR GUARNIÇÃO DO 6º BPM APÓS ABORDAGEM POLICIAL
Por volta de 10h15 desta segunda-feira, 15, a Guarnição ROCAM, ao realizar Rondas Ostensivas no bairro Itamaraty, percebeu um indivíduo em atitude suspeita e ao realizar a abordagem nada de ilícito foi encontrado com o mesmo, entretanto, ao verificar a documentação pessoal, foi constatado que o abordado tinha mandado de prisão em aberto e de imediato foi conduzido à Depol para ser tomada a medida cabível.
O Sexto Batalhão é uma unidade que visa proteger os cidadãos e manter a ordem pública. Essa missão nos é colocada a prova diariamente, quando colocamos a farda, saímos de casa sem saber o que nos espera.
Profissionais como esses merecem o reconhecimento de toda comunidade pelo risco da sua própria vida em cada ação que lhe é imposta, dedicando-se inteiramente ao que compete ao poder de polícia, o de garantir a Segurança Pública em todos os lugares.
Senhor do Bonfim, 16 de abril de 2019.
6 BPM! ” Aqui promovemos o bem” (TC Soares)
Fonte: Ascom /6 BPM

Polícia Militar da Bahia
Comando de Operações Policiais Militares
Comando de Policiamento da Região Norte
Sexto Batalhão de Polícia Militar
Assessoria de Comunicação Social
(74) 3541-9713 / 9718