Os contribuintes de Jaguarari terão até o dia 30 de novembro para aderir ao Refis 2019

A prefeitura de Jaguarari através da secretaria de finanças do município informa ao contribuinte seja ele pessoa física ou jurídica e que deseja quitar seus débitos fiscais junto ao município, que o prazo para a adesão ao Refis 2019 se encerra no dia 30 de novembro. O contribuinte que quitar seus débitos junto ao município terá 100% de desconto em pagamento a vista. A inscrição poderá ser realizada no Setor de Tributos, localizado no prédio da Prefeitura ou na Sub Prefeitura no distrito de Pilar. O prazo não será prorrogado.

ASCOM – Prefeitura de Jaguarari

São José do Jacuipe foi palco de muita cultura, arte e cidadania

Encerrou na noite de hoje o I Festival de Cultura, Arte e Cidadania em São José do Jacuípe, um evento que reuniu diversos setores da administração para realizar uma maratona de ações que valorizaram a localidade. Organizado pela Diretoria Municipal de Cultura, Coletivo Juvenil de São José do Jacuípe e pela AJALEH (Academia Jacuipense de Letras, Educação e Humanidades), o festival movimentou bastante a cidade. As atividades começaram na man hã do dia 18 de novembro com uma intervenção artística de grafite na praça Aristóteles Barros Rios, liderado por Bruno Vilas Boas, com gravuras que retratam a cultura local. O grupo de capoeira local, Olho Vivo, se apresentou no pátio da Escola Isaac Vilas Boas enquanto uma exposição de artesanato era aberta nas dependências da Biblioteca Municipal. À tarde foi a vez do esporte ser protagonista do festival com o FutRaiz, na quadra do Morcego. À noite e durante todo o dia 19 aconteceu a primeira FLIZÉ (Festa Literária de São José do Jacuípe), sob curadoria do escritor Pablo Rios. A festa foi realizada na Câmara de Vereadores e reuniu as culminâncias de diversas ações de leitura das escolas e colégio municipais e da escola Aquarela. Muitos artistas comparecera m, os escritores Márcio Melo, Edvan Cajuhy, Rita Pinheiro, Marcos Peixe, Maurízio Almeida, Ivan de Almeida (Editora Cogito) e os artistas plásticos Eli de Castro e Day Bonfim (TV Bahia) para apresentar suas obras. A pesquisadora Paula Amália Anias apresent ou um excelente trabalho sobre iconografia e suas pesquisas sobre cultura local. A abertura contou com a presença de autoridades locais, como o prefeito Erismar Souza, a secretária de Educação Suzara Rios, vereadores e do diretor de cultura André Vilaronga . Atrações de Serrolândia, como o coral infantil Raio de Sol encantou a plateia com belíssimas apresentações e a Cia de Teatro Artefato realizou uma excelente encenação. As mesas de debate foram, certamente, o ponto alto da FLIZÉ, versando sobre temas a re speito da literatura e leitura. Falando sobre clubes e espaços de leitura, Amanda Teixeira, proprietária da Ser Tão, livraria e café discorreu sobre a indagação: e ler transforma? Em seguida houve um bate papo sobre formação de leitores com o colegiado de Pedagogia da AGES/Jacobina, representado pelas alunas Fabiana, Romula, Valdíria e Georgia. A segunda mesa falou sobre vivências da leitura e escrita e contou com o escritor e jornalista Valdeck Almeida de Jesus e a poeta Geovana Rios, sob mediação do profe ssor Danilo Araújo Guimarães, que provocou os participantes a falar sobre suas memórias. Juliana Salvadori e Jancleide Góes participaram da mesa Mulheres e Escritas, debatendo sobre a leitura de autoras com olhar sobre os feminismos. A mediação foi feita p elo coletivo MariElas, da cidade de Capim Grosso, tendo como representantes a ´professora Saiane Santos e a advogda Luciene Rosa. Fechando a FLIZÉ, o Simpósio de Leitura do Colégio Estadual Berilo Vilas Boas foi mediado pela professora Senária Santana, com as participações dos alunos Hebert Almeida, Vinícius Cunha e Cailane Neri. O festival teve continuidade à noite com o professor Kleber Andrade em uma ação social de educação física com idosos, ainda na Câmara de vereadores. No dia 20, Consciência Negra, a lunos do Colégio Municipal, junto com os membros da Guarda Municipal fizeram o plantio de dezenas de mudas de árvores doadas pela Yamana Gold no colégio e em vários pontos da cidade.

NOTA DE ESCLARECIMENTO SISMUSB ESCLARECE SERVIDORES E POPULAÇÃO BONFINENSE SOBRE PAGAMENTO DO 13º SALÁRIO INTEGRAL

Nessa semana foi publicado um vídeo nas redes sociais, sobre o pagamento do 13º salário dos servidores públicos municipais de Senhor do Bonfim. Na publicação o Sr. Benito Brasileiro, Secretário de Finanças e Planejamento do Município, afirmou que este ano o pagamento do 13º será realizado de forma integral, conforme compromisso do Prefeito Carlos Brasileiro. Diante disso, o Sindicado dos Servidores Públicos Municipais de Senhor do Bonfim (SISMUSB), pautado na ética e transparência na prestação de seus serviços, se sente no dever de esclarecer a população para evitar que a administração municipal propague inverdades e desinformação.
O pagamento do 13º salário integral é uma pauta que foi insistentemente defendida pelo SISMUSB. A entidade sindical tentou resolver esse impasse por intermédio de reuniões e mesas de negociação, entretanto a administração municipal nunca demonstrou interesse em cumprir a legislação e pagar o benefício de forma integral aos trabalhadores. Sendo assim, o assessor jurídico do SISMUSB, Lúcio Sá, entrou com um mandado de segurança preventivo em 2017. Em 2018, a assessoria jurídica do SISMUSB entrou novamente com um mandado de segurança coletivo, obtendo decisão favorável ao sindicato em ambos. A Juíza concedeu liminar determinando que o 13º salário (gratificação natalina) deveria ser pago com base na remuneração integral do servidor, nos moldes do art. 7º, VIII da Constituição Federal.
Fica evidente que o pagamento do 13º salário com base na remuneração integral aos servidores públicos municipais de Senhor do Bonfim ocorre em cumprimento a uma decisão judicial, após anos de luta do SISMUSB. Se houvesse compromisso por parte do gestor municipal e respeito às leis e a nossa Carta Magna, o 13º salário integral já estaria sendo pago há muitos anos, quando o SISMUSB pautava nas reuniões e mesas de negociação, desde 2005.
De acordo com o presidente da entidade sindical, Raimundo Nonato “foi muito importante a insistência do sindicato na conquista do 13º salário integral, pois o SISMUSB esteve junto dos servidores nos períodos de angústia. Agora comemoramos, porque é mais dinheiro no bolso do trabalhador, que irá repercutir no comércio da nossa querida cidade de Senhor do Bonfim, movimentando a economia”. Já o advogado, Lúcio Sá, reafirmou que a atitude da gestão Municipal “só atendeu a sentença Judicial, pois no ano de 2018 o SISMUSB ingressou com mandado de segurança, o qual teve o seu pleito atendido, determinando que a gratificação natalina 13° salário daquele ano (2018) e dos demais anos consecutivos fossem pagos com base art. 7°, VII, da Constituição Federal. É importante frisar que essa atitude premia a luta incansável do SISMUSB e dos servidores bonfinenses”.
Portanto, caro servidor e sociedade Bonfinense, o 13º salário será pago com base na remuneração integral a partir desse ano, devido aos esforços e compromisso do SISMUSB, presidido pelo Sr. Raimundo Nonato, sua assessoria jurídica, representada pelo advogado Lúcio Sá e pelo empenho de todos os servidores públicos que se mobilizaram nessa causa. O Sindicato parabeniza os servidores públicos municipais de Senhor do Bonfim por essa vitória, provando mais uma vez que vale a pena lutar pelos nossos direitos!

Homem sofre tentativa de homicídio na Rua Carrapichel em Sr. do Bonfim

No início da noite dessa quarta-feira, 20, aconteceu uma tentativa de homicídio na Rua Carrapichel, Bairro Alto da Maravilha.

Informações que dois homens a bordo de uma moto Honda Pop, chegaram a residência onde a vítima identificada como Diego Onofre Miranda Terra Nova, recebeu aproximadamente 3 tiros, sendo que um pegou de raspão. Diego foi socorrido pela polícia até a UPA 24hs.

Diego responde processo na justiça relacionado a morte do professor Edgar da Silva Paz, morto na madrugada do dia 22 de junho de 2014, no Bairro do Derba em Senhor do Bonfim.

Ainda não há informação dos autores nem motivação.

Presidente da Câmara de Sr. do Bonfim vai processar quem lançou Fake News envolvendo o nome de sua esposa

Na manhã dessa quarta-feira, dia 20, em entrevista ao Jornal Canal Aberto da Rádio Caraíba de Senhor do Bonfim, o Presidente da Câmara Municipal de Senhor do Bonfim, vereador Cleiton Vieira Pinto, informou que contratou o advogado criminalista Pedro Cordeiro, para oficializar processos contra autor de uma matéria, que segundo o edil, de forma caluniosa, diz que sua esposa estava trabalhando no DETRAN de Senhor do Bonfim, com um Salário Mensal de R$ 4.000,00, uma indicação do Prefeito Carlos Brasileiro, em troca de apoio de Cleiton Vieira.

O Presidente negou o fato, afirmando que sua esposa não trabalha no DETRAN e que a notícia é fake news e difamatória para o atingir, o edil disse ainda, que tanto o autor da matéria, quanto os que compartilharam serão processados, pois já dispõe de todos os prints registrados.