Os servidores da limpeza demitidos nesta terça feira(09) estiveram no comitê contra a corrupção conversando como senhor Edmilson para denunciar o vice prefeito por crime eleitoral.
Mais de 15 servidores imploravam por justiça, alegando que eram forçados a irem em todos atos políticos do grupo do vice prefeito durante o período eleitoral. As denuncias se multiplicam a cada depoimento.
“Antes de subir no ônibus para ir nas caminhadas tinha um fiscal para saber quem tava indo e quem não tava” disse Dona Nilzete.

Nós fomos enganados, nos fizeram de bobos, nos pediram para a gente assinar o contrato na segunda feira, muitos assinaram sem ler, e na terça depois do serviço da manhã nos demitiram. É muita humilhação disse a senhora Regivânia.

“Já fomos no Ministério Público e nesta quinta-feira vamos na prefeitura exigir a cópia dos contratos que assinamos. Queremos justiça.” Disse o servidor demitido.

Com provas tão robustas da fraude eleitoral cometida pelo provisório gestor Fabrício D’agostino resta saber apenas, qual vai ser a medida legal que será adotada pelo Ministério Público local .

Confira o vídeo:

 

Fonte Jaguarari News