Após a sétima derrota na Série B, desta vez para o Vila Nova (GO), em plena Arena Fonte Nova, os torcedores do Bahia não suportaram mais uma humilhação na temporada. Indignados, os mais de nove mil tricolores que compareceram ao estádio, na noite desta terça-feira (5) iniciaram os protestos antes mesmo do apito final do árbitro.

Parte da torcida vaiou os atletas e pediu novas contratações. Sobrou até para o artilheiro Hernane, vaiado quando foi substituído por Luisinho no segundo tempo.

Mas, o alvo principal da torcida foi o presidente do clube, Marcelo Sant’Ana. O dirigente ouviu gritos e pedidos de “renúncia” daqueles que o consideram o principal culpado pela campanha pífia do Esquadrão na Série B.